29/01/2012

"Um amor de novela"


Capítulo 17 da 2ª Temporada.


POV- Arthur

Eu tomava banho calmamente, pensava em como eu e a Lua estávamos prestes a nos casar, como a nossa vida havia mudado, e principalmente, sobre o assunto que ela abordara a alguns dias. Enquanto penso nisso tudo ela entra no banheiro.

“Arthur, se eu falasse que tenho uma surpresa, o que você diria?” Ela me pergunta.

Fico tenso, imagino o que é, mas nada vem a minha cabeça.

“é algo que eu quero?” Pergunto.

“Sim, acho que sim.” Ela me fala.

“é algo que custa dinheiro” Arrisco.

“Vai custar.” Ela me responde.

Será que é uma televisão nova? Eu estava querendo comprar uma, mas não havia falado nada ainda com ela.

“Uma televisão nova, é isso?” Pergunto animado.

“ARTHUR! SÉRIO QUE VOCÊ SÓ IMPORTA COM BENS MATERIAS! QUER SABER NÃO VOU FALAR NADA!” Ela  fala com a voz meio triste.

Fico sem compreender nada. Acelero o banho, me enxugo e corro para o quarto. Onde vejo uma caixa.

POV- Lua

Chego animadíssima em casa, vou direto procurar o Arthur, vejo que ele estava no banho, entro e falo com ele. Pergunto a ele o que ele acharia de uma surpresa. Eu estava empolgadíssima e torcia que ele se sentisse da mesma forma. Ele me pergunta se era algo que ele desejava, respondo que imaginava que sim, afinal eu sempre soubera que ele gostava desse tipo de coisa.

Aos poucos ele vai me pedindo mais e mais dicas, e eu vou percebendo que o que realmente era nem se passava pela cabeça dele. Fico triste, decepcionada, e ao mesmo tempo, apreensiva. Quando ele me pergunta se era uma televisão me estresso de vez. Saio do banheiro e largo a caixinha em cima da cama. Vou até a cozinha, e me sento no chão, num lugar que ele não me visse, e choro.

POV- Arthur

Dentro da caixa vejo dois sapatinhos bracos, de neném. Sorrio, e concluo que ela estava grávida, saio pulando de alegria a procura dela. Escuto barulho de choro e sigo-o. Vejo-a sentada na cozinha, pergunto o que houve e ela fala:

“você e eu não estamos preparados para sermos pais.”

“ Lua, estamos sim. Seremos ótimos pais, e eu nunca abandonarei você.” Falo e ela me beija.

Choro de emoção, eu seria pai! Ela seria mãe! Nós teríamos um filho. Emociono-me com essa novidade. Mas como faríamos com o casamento?

Continua..
Escrita por : Amanda

5 comentários: