27/02/2012

Atriz busca equilíbrio entre bem e mal para personagem em 'Rebelde'

Rayana Carvalho interpreta Pillar em 'Rebelde', da TV Record. Foto: Carta Z Notícias/TV PressPara dar vida a Pilar da novela Rebelde, exibida pela Record, Rayana Carvalho teve que buscar uma certa dubiedade dentro de si. Inicialmente, a personagem era a principal vilã do Colégio Elite Way. "Por ter sido criada isolada, sem mãe e com um pai extremamente ocupado, Pilar foi se tornando uma pessoa egoísta e invejosa, que fazia de tudo para acabar com a alegria dos rebeldes", explica. Mas, recentemente, a vilãzinha começou a se aproximar dos heróis e ser a grande companheira da turma.


Até ajuda Roberta, vivida por Lua Blanco, a se livrar das chantagens de Binho, interpretado por Pedro Cassiano. Rayana encara essa virada da personagem como uma forma de aprofundar a sua versatilidade. Mas ela chegou a desconfiar se essa mudança de caráter seria bem aceita pelo público. "Estou muito feliz com essas nuances da Pilar. Não dá pra agradar todo mundo. Há muitas controvérsias dentro da Record, se ela deve continuar boa ou voltar a ser má. Eu sou um pau mandado e faço apenas o que tem que ser feito", brinca.

Apesar do receio inicial de representar uma vilã, Rayana percebeu que, ao longo trama, a personagem caiu no gosto do público. "Acabou que as crianças adoravam aquela maldade toda. Cheguei a ouvir nas ruas: 'você é do mal, mas eu te amo'", lembra aos risos. A experiência de vilã proporciona a atriz uma maior riqueza de detalhes na composição do papel, como brincar com os diferentes tons e insinuações. Entretanto, é o lado boazinha e companheira de Pilar que exige maior esforço de Rayana para que a atuação não caia na mesmice. "É difícil evitar a chatice, antes eu não precisava florear tanto. Agora eu tenho que me empenhar mais ainda para que tenha um brilho especial. Se não, fica muito água com açúcar", ressalta.

Rayana ainda encontra pontos em comum entre ela e a personagem, como o grau de determinação. Ambas não param até terem seus objetivos alcançados por completo. "Quando eu decido, vou fundo que nem a Pilar. Mas a minha energia e determinação são canalizadas de formas diferentes da dela", analisa. Enquanto Pilar não deixa de acompanhar uma fofoca sequer no colégio, Rayana evita ao máximo opinar na vida dos outros. "Eu levo uma vida mais tranquila. Cuido da minha vida e não me importo com relação à vida alheia", afirma. Para a atriz, Pilar procura muito mais do que se informar sobre os outros. Ela quer modificar, interferir e sempre estar por cima.

A veia artística é algo que a recifense Rayana considera de família. Formada em balé clássico, a atriz é filha de bailarina e produtora de eventos de dança. "Eu nasci dançando. Minha mãe tinha academia de dança e eu a acompanhava nos eventos. Ela sempre estava dançando comigo e me incentivando", conta. Aos 10 anos, Rayana começou a fazer aulas de balé e dança de salão, mas também já fazia alguns trabalhos como modelo. Porém, a ideia de ser atriz era apenas uma possibilidade remota na cabeça da pernambucana.

Após dois anos cursando Educação Física, Rayana decidiu abandonar a faculdade para estudar teatro no Rio de Janeiro, na Casa das Artes de Laranjeiras, a CAL. "Só aos 20 anos, com muito incentivo da minha mãe, é que eu decidi sair de Recife. Foi um giro de 180 graus na minha vida. Foi um momento de repensar e saber se eu estava realmente fazendo a escolha certa", relembra. Já no começo do curso surgiu a oportunidade de fazer a sua primeira novela, Água na Boca, de 2008, na Band. "Fui fazendo cursos e me especializando. Até que surgiu a oportunidade de fazer o teste para Rebelde, que é, até a agora, a maior que tive", ressalta.

Em nome da carreira de atriz, Rayana precisou abdicar do balé profissionalmente. Mas a paixão pelas sapatilhas não ficou esquecida. Ela até chegou a procurar academias de dança próximas a sua casa, mas o ritmo intenso das gravações não permitiu conciliar as duas atividades. "A dança é um sonho de criança e adolescente. Ela me auxilia muito artisticamente. É uma grande ferramenta, pois tenho uma percepção muito maior dos movimentos do meu corpo", explica. Ainda se considerando novata no meio artístico, Rayana tem muita ambição e determinação quanto a sua carreira no futuro. "Quero muito fazer outras produções na Record e trabalhar com mais afinco no cinema e no teatro", planeja.

Saúde no topo

Apesar de ter sido eleita Miss Pernambuco em 2006, Rayana garante que o máximo de vaidade em seu dia a dia é cuidar da saúde. Segundo a atriz, manter cuidados básicos com a alimentação é o mínimo que todos devem seguir. "Beber bastante água é fundamental. Sempre procuro os melhore alimentos. Adoro todos os tipos de legumes e verduras e evito carne vermelha. Prefiro peixe ou frango, que são mais leves", afirma. 
Rayana assegura que a beleza e boa forma não são o foco de sua rotina de exercícios. Apesar de detestar academia, a atriz malha, pelo menos, uma vez por semana. "Quando a gente cuida da saúde há um brilho maior, esteticamente falando", recomenda. Além disso, Rayana acredita na máxima "mente sã, corpo são" e é acompanhada regularmente por um terapeuta e não dispensa as oito horas diárias de sono, no mínimo. "A terapia é uma válvula de escape. Adoro conversar e é muito bom ter uma pessoa inteiramente para te escutar", afirma.

Instantâneas

Rayana possui apenas uma experiência cinematográfica com o filme Lula, O Filho do Brasil A atriz não possui nenhuma experiência profissional no teatro Rebelde não é o primeiro trabalho de Rayana na Record. Em 2009, ela participou da novela Mutantes: Promessas de Amor Glória Perez está entre as autoras de novela favoritas da atriz

Nenhum comentário:

Postar um comentário