11/02/2012

"Um amor de novela"


Capítulo 48 da 2ª Temporada.

POV-Arthur

Lua, que usava um vestido curto preto, e sandálias vermelhas, se sentara na mesa, esperando eu proclamar as falas.

Era engraçado, eu estava  habituado a gravar cenas quentes com atrizes, sem ter medo, afinal, era uma cena qualquer. Mas, com a Lua eu me sentia diferente. Ela me desconcentrava.

Depois de proclamar as falas e a Lua as dela, inclinei-me para beijá-la, mas virei o rosto na hora.

“Não tem como a gente ficar assim. Temos que fazer um acordo de paz, caso contrário essa novela não dará certo.” Falo.

“Eu estou na paz.” Fala-me ela.

“Eu conheço você Lua, você está na defensiva.” Falo.

“Estou,mas você também está.” Ela fala.

“Verdade. Então, vamos fingir que nada jamais ocorreu entre a gente, paz?” Proponho.

“Paz.” Ela aceita.

Nesse instante o diretor chega e nos chama para gravarmos novamente.

POV- Lua

Aceito ter paz com o Arthur. Quando gravamos a cena o clima flui com mais naturalidade (Poe naturalidade nisso, foi como beijá-lo quando namorávamos, incluindo uma linguinha ali e aqui, mão boba...).

Eu estava a ponto de tirar a roupa dele ali mesmo, mas meu plano maléfico foi interrompido pelo diretor, que gritara corta, e nos mandara mudar de posição. Andaríamos no cenário, iríamos até a mesa de sinuca, onde eu me sentaria e voltaria a beijá-lo, e depois descobriria uma aliança no dedo dele.

Depois de gravarmos somos liberados para o almoço. Arthur, o faminto, sai direto pra cantina, enquanto eu decido pegar um ar no meu camarim.

POV- Arthur

Quando gravamos a cena eu sentia cada vez mais a necessidade de tê-la, por sorte a cena em si era quente, possibilitando-me fingir que estava atuando, e a Lua não reclamara, o que foi bom. Quando somos liberados para o almoço eu saio correndo, precisava de um ar. Precisava ficar longe da Lua, caso contrário eu iria, sem dúvida, agir compulsivamente. Depois de quase acabar de comer vejo-a entrando na cantina, vindo na minha direção. Eu estava sentado com alguns autores, entre eles a Nicole.


Continua...

Escrita por : Amanda

8 comentários: