24/03/2012

"Criminal"

 

3º Capitulo
POV's Arthur
Lua, essa garota me chamou atenção, gostei dela. Depois que eu convesi ela que podia confiar em mim, e que nos so iriamos dividir a cama, eu fui tomar banho, coloquei uma bermuda e sai, i eu vi a Sophia com a arma na mão apontando para alguem. Quando eu cheguei mais perto, vi que ela apontava a arma para Lua, que não tinha reação.

─ Mas o que é isso? - Perguntei, Sophia me olhou, seus olhos estavam vermelhos. - Sophia, você se drogou de novo?
─ Ela tem que morrer. - Sophia disse olhando para Lua, cheguei mais perto dela e tentei pegar a arma dela, mas ela deu um tiro, que pegou em mim. Chay e Mel apareceram e depois o Micael.
─ Vio o que você fez? - Lua gritou, chagou mais perto de mim e olhou o machucado - Ta doendo muito?
─ Foi de raspão, mas ta doendo sim. - Falei.
─ Eu vou fezer um curativo - Mel disse saindo da sala e depois voltou com uma caixa de primeiros socorros.
Algumas horas depois...
Eu esva com o braço enfaichado, ainda doia um pouco, mas se ver todas as marcas de cortes e machucados profundos que eu ja tive, isso é só uma dorsinha de nada.
─ Sophia, você tem que parar com isso! - Mel gritava com ela, eu me levantei e andei ate elas
─ Arthur eu.... - Sophia tentou falar mas eu à interronpi
─ Vou disser só mais uma vez, se você se drogar de novo, não iremos mais te proteger e você ira embora. - Falei, e ela me olhou com lagrimas nos olhos.
─ Arthr! Você não pode fazer isso. - Mel falou.
─ Posso sim. - Falei e fui para o quarto, e vi que a Lua ja estava deitada e dormindo, cheguei mais perto e passei a minha mão em seus cabelos.
─ Perdeu alguma coisa neles? - Ela abrio os olhos e perguntou.
─ Pensei que estava dormindo.
─ Pensou errado. - Ela riu. - Por que a Sophia não gosta de mim?
─ Talvez porque você lembra a ela o passado. - Falei e me deitei ao seu lado.
─ Como era a vida dela no passado? - Ela se virou para mim 
─ Isso so ela pode disser.
─ Como foi a sua vida no passado? - Ela perguntou.
─ Isso, so com o tempo você vai saber. - Murmurei e desliguei a luz. - Boa noite, Lua.
─ Boa noite. - Ela sorrio no escuro e vireou para o outro lado.
Algumas semanas depois.
─ Não é serio. Ou é? - Lua perguntou para Mel.
─ É sim, ja esta no hora de você aprender! - Mel cruzou os braços e ficou encarando-a
─ Eu não vou fazer isso! - Lua disse. - Eu não sei atirar.
─ É por isso que você vai aprender. - Micael disse atras dela.
─ Isso vai ser dicifil. - Murmurou Chay ao meu lado. - Faz alguma coisa cara.
─ Eu?! Por que eu? - Perguntei
─ Simples meu bebê, você é praticamente o culpado de ela estar aqui! - Chay respondeu.
─ Ta bom. - Pausa. - Lua, nem adianta, você vai ter que aprender a atirar, tem policia atras de nos, e o minino que vai acontecer quando eles acharem agente, se acharem, vai haver um tiroteio. E é melhor você aprender a atirar. - Joguei a arma para ela.

─ Ta bom. - Ela disse, encarando a arma. - não vai ser culpa minha se eu acertar alguem.
─ É so mirar e atirar. - Sophia disse sorrindo, depois de tantas brigas entre as duas, elas agora estavam ficando amigas.
─ E se a policia escutar? - Ela perguntou.
─ Agente foje! - Micael disse - Anda logo, Lua!
─ Ta bom.... - Ela accregou a arma e mirou - Eu atiro no que?
─ No que você quizer. - Chay gritou.Então Lua apertou o gatilho - Finalmete!!!
─ Droga! - eu disse ao escutar a sirene da policia, subimos nas motos e aceleramos.

Continua...

7 comentários: