06/03/2012

‘Rebelde’: Chay Suede cortou o cabelo radicalmente para a nova temporada. Veja como ele e os outros meninos ficaram

Arthur Aguiar, Micael Borges e Chay Suede: novos visuais para a segunda temporada de “Rebelde”

A segunda temporada de "Rebelde" começa na próxima terça-feira com os protagonistas voltando das férias. E eles surgem de visual novo. A mudança mais radical foi sofrida por Chay Suede, intérprete de Tomás: o ator deu adeus aos cabelos cheios com franijnha e ficou quase irreconhecível. Mas foi difícil convencê-lo a enfrentar a tesoura.


— Ele não queria cortar. Para conseguirmos, foi preciso muita conversa — conta Wagner Rezende, coordenador de maquiagem e cabelo da novela.

Mesmo assim, pouco antes da transformação, acompanhada pelo Sessão Extra na última quarta-feira, dava para ver o nervosismo de Chay: ele não parava de enrolar as madeixas com os dedos.

— Estou me despedindo deles! — explicou o ator: — Estou com medo, tenho apego ao cabelo. Mas eu topei, vamos lá.

Ao fim da "operação", ele era só sorrisos. O corte, bem mais curto, arrepiado e com direito a uma mecha mais comprida na frente, tinha sido aprovado.

— Gostei muito! — comemorou antes de sair da sala de caracterização e soltar um grito no corredor do Recnov, como se estivesse aliviando a tensão.

Antes de Chay, quem sentou na cadeira da cabeleireira foi Micael Borges, que vive Pedro. O ator ganhou um visual militar, com as laterais cortadas a tesoura como se fosse máquina três.

— Adorei, está outra coisa, fiquei muito feliz — disse ele: — Estava há um ano com a mesma cara. Agora estou com um estilo meio soldado.

Arthur Aguiar, o Diego, foi o que menos mudou: só aparou as pontas, mantendo o mesmo corte certinho de seu personagem

Nenhum comentário:

Postar um comentário