13/04/2012

"A caminho do Verão"


Capitulo 19 e 20 da 2ª Temporada

As duas mulheres sentaram-se no mesmo sofá abraçadas. De frente para mim, olhando-me tristes.

"Como está a escola?" Pergunta a Lua, sem sequer me explicar o que ELA estava fazendo ali.

"Destruída" Falo triste.

"Isso não é o pior, pois o seguro cobre o valor do prédio, o ruim mesmo São os figurinos, os cenários, os objetos para a peça de inverno.. Em fim, essa parte do espetaculo." Fala a D. Blanco tristonha.

"Eu ajudo no que precisar para recupera-los." Aviso.

"Eu também." Fala a Lua, sem sequer me olhar.

"Ah queridos, eu agradeço muito, mas não sei se vai adiantar."Fala a madrasta da minha ex-namorada. "Precisamos de cenários, figurinos, aonde iremos arranjar dinheiro para tudo isso?" Fala ela triste.

"Eu arrumo patrocinio." Aviso.

"Eu fiz um curso de verão de design, posso coloca-lo em pratica nos cenários." Avisa a Lua.

"Mesmo assim, ainda faltariam os figurinos! Eu não vou ter tempo de ver isso, tenho que recuperar a estrutura da escola, e todo o resto." Fala a D.Blanco.

POV-Lua

Quando o Arthur entrou na sala, não me contive, fiquei a observa-lo escondida. Era sufocante demais ficar no mesmo ambiente que ele, mas eradesejável demais observa-lo. Quando ele falou que a escola havia pego fogo, esqueci de tudo, e entrei na sala.

Depois de muita conversa, ficou acertado que eu faria o cenárioArthur arranjaria patrocinio, e daríamos um jeito juntos no figurino. Além disso, eu tentaria falar com a Sophia e a Mel para que, se fosse possível, elas nos ajudassem.

Comecei a trabalhar todos os dias, queria ajudar a minha madrasta, desejava recuperar a escola que fora palco de tantas lembranças, desejava fazer algo de bom. Nunca cheguei a conversar com o Arthur. A janela dele permanecia sempre fechada agora, ou quando estava aberta encontrava-se vazia. Se isso  não fosse castigo suficiente, ainda chegou mais uma pessoa para piorar a situação.

Capitulo 20

A menina que estava com o Arthur na festa, foi ajudar-nos a arrumar os figurinos. Se isso não bastasse, ela ainda estava dormindo na casa doArthur, que estava sem a mãe ou o irmão. Eu passei a evita-los ao máximonão queria encontra-los aos beijos.

Um dia, que chovia muito e fazia um frio horrivel, eu estava andando a pé para casa, sozinha quando um táxi passou por mim.

"EiVocê quer carona?" Perguntou a amiga do Arthur.

"Não precisa, obrigada." Falo, odiando-a por ser simpática.

"Olha, não é porque meu irmão foi um idiota, e você e o Arthur não deram certo que nós não podemos ser amigas." Ela fala

"Am?" Pergunto sem entender nada.

"Você não sabia que eu e o Thur somos primos?" Ela pergunta, deixando-me sem reação.

"Não!" Respondo, e entro no carro com a intenção de saber mais informações.

POVArthur

Quem disse que mulher é um bicho perigoso tinha TODA razão. Eu estava calmamente preparando o meu jantar quando recebi uma ligação da minha prima.

"Thur, eu vou levar uma amiga ai na saiu casa por uns minutinhosok?" Ela pergunta.

"Ok..." Respondo, tentando imaginar quem poderia ser essa amiga.

Minutos depois, toca a campainha, quando abro vejo a Cris, acompanhada da Lua. Isso mesmo, minha prima e sua nova amiga, minha EX-NAMORADA!As duas estavam encharcadas de chuva, o que deixava a situação ainda mais complicada, pois a Lua ficava ainda mais sexy. Além disso, elas conversavam e riam animadamente.

"Boa noite Thur." Fala a Lua de forma casual.

"Boa noite priminho do meu coração." Fala a Cris rindo.

Continua... 
                                                                                              Escrita por : Amanda

8 comentários: