29/04/2012

"Simplesmente Rebelde"O fogo da paixão


43ºCapitulo 

No Capitulo Anterior:
(Roberta):E voce acha que eu não sei?E não é que eu não queira ficar com ele...eu não posso!
(Carla):Por que não pode?
(Roberta):Eu não posso contar...
(Carla):E agora?Voce vai continuar longe do Diego?
(Roberta):Eu preciso!
(Carla):E o filho de voces?
(Alice):Que filho?!-Mais uma vez,nem eu,nem Carla demos bola pra ela!
(Roberta):Eu não sei Carlinha!
(Alice):GENTE EU ESTOU AQUI!-Ela disse gritando,e finalmente eu e Carla olhamos pra ela-Que filho é esse Roberta?-Carla me olhou e eu apenas balançei a cabeça confirmando.
(Carla):A Roberta tá gravida!
(Alice):Gravida?
 
 Pov Roberta
Depois de contar tudo pra Alice,resolvi voltar para casa!
E pensar em tudo aquilo que estava acontecendo...Nessa altura eu nem queria mais entrar em casa...toda vez que o telefone tocava eu me assustava,e custava a atender...
Mesmo passando por tudo aquilo,não podia contar para ninguem,e corria o risco de perder o Diego por causa disso..!


~~1 MES DEPOIS~~


Pov Roberta
Aquele mes tinha sido extremamente cansativo,eu estava com quase 5 meses,minha barriga começava a crescer,e minhas costas a doer...Carla e Alice me visitavam quase todos os dias,assim como Pedro e Tomas!Nesse tempo eu não tinha visto mais o Diego,mais Carla sempre me contava um pouco das conversas que tinha com ele!Eles eram muito amigos e por isso Diego continuou frequentando a casa da Carla,ela me contava que ele dizia que sentia minha falta,e sempre parti meu coração só de lembrar nisso!
 -
Hoje eu vou descobrir o sexo do bebe...Eu estava feliz,é claro,mais resolvi que não faria nenhum tipo de comemoração...
Eu acordei,com milhares de pensamentos na minha cabeça,fui ao banheiro me arrumei e fui para o hospital...Aqueles minutos antes de entrar no consultorio da Ginecologista estavam sendo muito frustantes...meu coração acelerou,tive que me controlar para não roer as unhas...afinal era só um exame pra ver o sexo do bebe,não poderia ser tão ruim...mais mesmo assim eu estava com medo...e eu estava sozinha,ninguem tinha ido comigo,eu mesma tinha dito que não precisava,achei que seria forte o bastante para entrar naquela sala e ver pela primeira vez o meu bebezinho dentro de mim...


Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário