30/04/2012

"Simplesmente Rebelde"O fogo da paixão


46ºCapitulo (Parte 2)

No Capitulo Anterior:
(Carla):Uma garota chamada Fernanda Moraes...mais conhecida como Nanda...
(Roberta):Quando o Diego começou a namorar essa tal de Nanda?
(Carla):Foi assim...depois de sair da sua casa,quando voces brigaram...ele acabou indo pra um bar,bebeu até não poder mais...e aí ele acabou indo pra cama com a Nanda...
(Roberta):E só por isso eles estão namorando?
(Carla):Não é só isso...
(Roberta):Não?
(Carla):Não...depois de alguns dias que o Diego tinha dormido com a Nanda,ela apareceu dizendo que tava gravida...
(Roberta):ELA TÁ GRAVIDA DO DIEGO?

(Carla):Foi o que ela disse...
(Roberta):Ela tem alguma prova dessa gravidez?
(Carla):Da gravidez sim...ela mostrou um exame de sangue confirmando que ela tá gravida...agora...se é do Diego...ninguém sabe...
(Roberta):E o Diego tá namorando com ela por causa da gravidez?
(Carla):É...ela boto maior pressão..e você conhece o Diego,ele não ia deixar a Nanda gravida e sozinha...ele resolveu que era melhor eles namorarem...
(Roberta):Mais o Diego gosta dela?
(Carla):Não...ele gosta é de você...ele te ama...e você sabe disso...
(Roberta):Eu sei!-Eu disse sentando no sofá novamente, frustrada.
(Carla):Ei não fica assim...-Ela disse levantando minha cabeça pelo queixo...
(Roberta):O pior é que...se ele tá feliz com ela...-Ela me interrompeu.
(Carla):Que eu sei que não tá...
(Roberta):Mais se ele tiver...-Eu disse dessa vez interrompendo ela-Eu...eu não posso nem questionar...nem opina..nem,nem discutir...eu não tenho voz pra isso...eu deixei o Diego escapar e agora...eu não posso fazer nada!
(Carla):É claro que voce pode...conversa com ele..
(Roberta):E eu vou dizer o que?"Ah Diego,me desculpa...a questão é que eu não gostei nenhum pouco de saber que voce engravidou outra...!"-Eu disse sarcastica mais ao mesmo tempo séria...
(Carla);Seria um começo..
(Roberta):Jura?
(Carla):Juro...nem tudo tá perdido...
(Roberta):O Diego engravidou outra mulher...eu já perdi faz tempo...-Eu disse pegando minha bolsa e indo até a porta da casa dela.
(Carla):Roberta!-Ela disse num tom triste,e eu apenas balançei a cabeça e saí pela porta.

Continua... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário