18/05/2012

"A Lucíola moderna"


Capítulo 17


Um dia, Lua recebera um convite para uma luxuosa festa que ocorreria na semana seguinte. Arthur ao ver aquele convite protestou.

“Lua, você tem que ir à essa festa, as pessoas já devem estar se perguntando o que está acontecendo com você. Não é mais vista a passeio nas lojas mais luxuosas, não sai para festas ou com amantes, não sai de casa sequer.” Afirmou Arthur.

“Meu amor, nada disso me interessa, ou sequer interessou-me, eu amo você e sua companhia é a melhor parte do meu dia, o resto jamais passou de uma frágil máscara da verdadeira eu.” Afirmou a loira.

“Tem certeza que não quer ir? Aposto que a festa estará ótima.” Comentou Arthur.

Lua, por sua vez, aproximou-se do moreno e beijou-o com extrema paixão. Ele, encantado por ela e desejando desfrutar mais dela, não esforçou-se para escapar.

“Como posso desejar qualquer coisa a não ser ficar perto de ti meu amor?” Perguntou Lua.

Ao sair da casa da amada, o nadador decidiu que faria uma surpresa à ela. Na manhã seguinte, levando boa parte de suas economias, o moreno foi à uma fina joalheria, onde comprou dois presentes para amada.

Enquanto Arthur estava a fazer seus afazeres, Lua colocou-se a aprontar das suas. Chamou dois homens para irem à sua casa. Um deles era conhecido dela à anos, o outro ela havia sido amasia dele.

Lua apenas fizera o que fez porque Arthur reclamara que ela não saia mais, não comprava mais e nem mesmo exibia-se para os outros com amantes.

Continua... 
                                                                                              Escrita por : Amanda



Nenhum comentário:

Postar um comentário