07/05/2012

"A Lucíola moderna"


Capítulo 5


“Eu durmo com você, deixo o dinheiro que merece e você me trata desse jeito?! Eu não compreendo mais nada!” Ele reclamou.

“Não compreendes porque é um BURRO!” Ela gritou para ele.

“Burro? Sem mesmo a sua exigência verbal eu paguei-a. Eu tenho uma profissão digna, e você? Se eu fosse o burro, seria eu que venderia o meu corpo, e não você!” Arthur afirmou.

“Ah, homens. Pensam que tudo é dinheiro, domínio e status!” Suspirou Lua, jogando-se em sua poltrona, mas com anormal leveza.

Lua levantou-se, abriu a sua gaveta e de dentro dela tirou algumas notas de dinheiro e o relógio do Arthur.
“Jamais quis seu dinheiro, para mim você jamais foi trabalho.”

Arthur, que agora compreendia tudo, colocou-se para ir atrás dela. Porém teve a porta do corredor batida em sua cara. Na saída, viu um carro de luxo estacionado, e de dentro dele saiu o mais novo amante da Lua, um empresário metido, mas obviamente encantado com a amante.

Na mão desse homem havia um buquê de flores e uma caixa que deveria conter uma joia. 



Continua... 
                                                                                              Escrita por : Amanda

Um comentário: