11/05/2012

"A Lucíola moderna"


Capítulo 8


Ao suas bocas separarem-se, eles foram surpreendidos por uma voz masculina. Quem falava era o garoto que contratara a Lua naquela noite.

“Você só pode estar de brincadeira! Eu pago à você uma tonelada de dinheiro para ter exclusividade, e ganho isso como recompensa?” Ele gritou, enfurecido.

Segundos depois, o menino partiu para cima da cortesã, intencionando machucá-la. Por sorte Arthur apartou a briga. A loira, por sua vez, olhou aos dois sérios e falou:

“Nenhum de vocês é meu dono. Eu não sou obrigada a ser fiel a você, na verdade, se o dinheiro lhe incomoda tanto, toma-o!” Falou Lua, olhando para o seu ex-amante e entregando-lhe as notas de dinheiro. 

Depois, virando-se para o Arthur, ela afirmou: “De você, eu não quero ajuda, solidariedade e muito menos o seu dinheiro.”

Chateada, sentindo-se ferida, ela saiu porta a fora e foi para casa. Só então, o moreno passou a perceber que Lua apenas rejeitara-o por ter se sentido comprada.

Arthur, sabendo aonde ela morava, saiu da festa e entrou em um táxi. Dirigiu-se à casa dela e tocou a campainha.

A loira, ainda magoada, recusou-se a abrir a porta.

“Vá embora, você não tem nada para ganhar aqui. Oferta alguma aceitarei!” Falou.

“Eu esperarei a noite inteira, o dia inteiro, o mês inteiro, mas só sairei daqui quando puder falar com você.” Afirmou Arthur.

A loira sumiu para dentro de casa, ligou o som, e pôs-se a chorar. Jamais havia sofrido por amor, e esse sofrimento era pior que a humilhação que sentia todos os dias. Passaram-se horas, e ela não abria a porta.

Foi então que uma chuva de verão começou, e Arthur, determinado, manteve-se imóvel na frente da residência dela.

Lua fingia não vê-lo, mas seu coração doía com culpa, pois ela deixava o homem que amava na chuva, sem proteção alguma.

Apenas quando o primeiro raio de sol apareceu, que Lua aparecera na janela, de camisola  e com uma cara cansada. Na frente da sua casa, Arthur ainda esperava-a.

Continua... 
                                                                                              Escrita por : Amanda

2 comentários: