12/05/2012

"A Lucíola moderna"


Capítulo 9


Lua olhou-o e falou:

“Por quê insiste em perder o seu tempo aqui? Já não disse a você que não aceito oferta alguma.”

“Eu não quero fazer uma oferta. O que desejo é que perdoe-me.” Falou Arthur.

Lua, surpresa com o comentário dele falou.

“Não vÊ que não valho seu esforço?” Perguntou Lua.

“Se você fosse essa criatura repugnante, que não vale meu esforço, teria aceitado meu dinheiro de bom grado, não teria resistido ao pedido.” Falou-lhe.

“Vai embora!”Ordenou Lua, sem olhá-lo.

“Eu irei, mas antes venha aqui e mande-me embora, olhando-me nos olhos.” Impôs sua condição.

Lua, mesmo contrariada, encheu-se de coragem e saiu de casa para expulsá-lo de sua entrada. Infelizmente, para ela, ao chegar ao portão sua coragem evaporou-se, e ao aproximar-se dele não conseguiu maná-lo embora.

Ela apenas olhou-o, e ele a ela. Aproximaram-se e beijaram-se. Arthur reparara que a cada beijo ela ficava diferente, na primeira vez havia sido um beijo que ela desejava dominá-lo, na segunda vez ela parecia lutar contra si mesma, mas dessa vez ela rendia-se a ele.

Arthur, feliz por tê-la conquistado, falou:

“Que bom que você me deixou ficar.”

“Fique sabendo que estou apenas causando mal a nós dois, eu não o mereço e você não merece a fama que terá por ficar comigo.”

Arthur, ignorando-a, beijou-a com extrema cede.

“Você deve estar cansado, não prefere ir para casa e dormir?” Perguntou Lua, olhando para o sol que ainda nascia.

“Tenho medo de ir para casa e não encontrá-la mais amanhã.” Ele respondeu-a.

“Então, para provar que não vou fugir, eu permito que fique na minha casa até o meio dia, e depois poderemos conversar, mas eu, tanto quanto você, preciso descansar.” Ela afirmou.

Assim, os dois entraram em casa. Arthur percebia que Lua era diferente das demais prostitutas que ele conhecera ou ouvira falar. Ela possuía certa maneira de portar-se, que, a um estranho, pareceria mais uma menina simples à uma cortesã.

Depois de acordar, Arthur fora encontrar Lua....

Continua... 
                                                                                              Escrita por : Amanda



2 comentários: