18/05/2012

"A Lucíola moderna"


Capítulo 18


Arthur, ao chegar na casa da Lua, assustou-se. Não compreendia o que estava acontecendo. Seu sentimento era uma mistura, um turbilhão de coisas.

Lua, por sua vez, sentava-se calmamente num sofá, ereta e elegante. Trajava um vestido preto feito o céu e joias brilhosas feito as estrelas. Seu rosto encontrava-se finamente maquiado, com os lábios pintados, as unhas meticulosamente feitas e os olhos perfeitamente delineados.

 “O que significa tudo isso?” Questionou-se Arthur.

“Você não queria voltar a ver-me comprando coisas?” Perguntou ela.

“Não era isso, eu apenas gostaria que você se sentisse livre.” Afirmou ele.

“Sério? Pois então fique sabendo que eu jamais fui tão livre quanto o dia que conheci você.” Ela afirmou sorrindo.

“Mas, me explique, como você conseguiu mudar todas as peças de móvel da sala sozinha, e ainda assim, manter-se tão bela?” Ele questionou-a.

“Chamei dois amigos para auxiliarem na mudança. Encomendei roupas do meu designer preferido, e pedi que os funcionários do salão viessem para minha casa. Queria mostrar para você que me arrumo apenas para uma pessoa, e essa pessoa é vocÊ. O homem que eu amo.” Ela declarou-se.

Arthur, encantado com a declaração, beijou-a apaixonadamente, e aos poucos, foi deitando-a sob o sofá. As ágeis mãos dele foram abrindo o vestido que ela usava, enquanto as mãos dela livravam-se da blusa dele.

Antes de acontecer qualquer coisa, Arthur levantou-se e sussurrou:

“Meu amor, tenho uma surpresa para você.”

Lua arregalou os olhos, enquanto Arthur tirava de seu bolso um colar de diamantes.

A loira olhou o presente, sem demonstrar grande animação exclamou:

“Obrigada, mas não valho tanto.”

Arthur, ao ouvir isso apenas pensou “Bem que avisaram-me, ela está habituada a presentes muito luxuosos, os quais jamais terei o dinheiro para pagar. Deveria cuspir os beijos que ela me dera por nojo de sua arrogância”

Continua... 
                                                                                              Escrita por : Amanda



Nenhum comentário:

Postar um comentário