20/05/2012

"A Lucíola moderna"


Capítulo 20


O lugar que Lua considerava sagrado era uma praia.

“É bem bonito aqui.” Comentou Arthur, ao chegar no local.

“Também acho.” Comentou Lua, claramente diferente dos demais dias que estivera junto com o namorado.

“Amor, não compreendo você, um dia está toda animada em vir aqui, mas hoje está toda triste. Ocorreu algo?” Ele questionou-a.

“Arthur, eu sei tanto sobre você, mas você não me conhece bem. Aqui foi o local onde a verdadeira eu viveu,mas não quero contar a você essa historia agora. Vamos apenas curtir o momento e pegar um quarto no hotel.” Ela explicou.

Os dois passaram o dia todo no maior carinho na praia, trocando juras de amor, beijando-se e abraçando-se. Lua, deitara-se no colo do namorado para tomar banho de sol, e ele admirar seu corpo perfeito no biquíni azul celeste.

As mãos dele massageavam as costas dela, depois, ela sentara-se e beijara-o.

A noite, os dois jantaram juntos num restaurante perto do hotel.

“Esse restaurante já foi meu local preferido, meu avô cantava e tocava aqui antes de falecer.” Ela contou.
Arthur, levando a Mao até o rosto da amada, secou uma lágrima que escorria pelo rosto dela, e aperto, com a outra mão, a mão dela.

No quarto do hotel, eles chegaram beijando-se. Os beijos forma tornando-se mais intensos, até que eles caíram sobre a imensa cama de casal.

“Eu te amo, ok? Não esqueça nem duvide disso jamais.” Ela pediu.

“Eu também a amo.” Ele respondeu, puxando o lábio dela com os dentes e selado um beijo apaixonado.
Arthur então começou a tirar as roupas dela, e ela as dele. Seus corpos estavam pressionados um contra o outro, e suas bocas grudadas em um beijo sem fim. Arthur acariciava o corpo dela e enchia-o de beijos, enquanto ela arranhava-o e beijava-o, alternando com caricias.

Por fim, após terem uma romântica noite da amor, os dois partiram. Arthur fora viajar e Lua voltou para casa. Após a viagem, tudo que era bela transformou-se, e verdades foram desvendadas.

Continua...
Escrita por : Amanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário