26/05/2012

"A Lucíola moderna"


Capítulo 31


Chegando ao quarto voltaram a se beijar como antes de Anna chamá-los desesperada. Estavam ambos com saudades, desejo e felizes.

Arthur, antes dos dois entrarem no quarto, pegou a loira no colo e levou-a no colo até a cama, onde lhe beijou os lábios e tirou as roupas dela, com cuidado e carinho.

Ela tirou as roupas dele, tomando o cuidado de beijar cada pedacinho do corpo dele, massageando as áreas doloridas pelos treinos de natação.

Lua e Arthur vinham desejando passar a noite juntos por muito tempo. Faziam quase dois meses que eles não acordavam abraçados, que ela não vestia a blusa dele e saia perambulando pela casa, ou que ele sorria apenas por vê-la pacificamente dormindo.

Os beijos deles eram apenas cortados quando um deles estava completamente sem ar, normalmente essa pessoa era a Lua, que não tinha a mesma habilidade do Arthur de segurar o fôlego.

Ela cravou-lhe as unhas nas costas dele, quando chegou ao ápice do prazer.

Após consumarem o amor, Lua falou:

“Arthur, me lembra amanhã de passar maquiagem no meu pescoço. Não quero que a Anna veja o estrago que você fez nele.”

“Claro que lembro, mas agora vem aqui do meu lado e se deita comigo. Estou com saudades de ficar abraçado com você.”

Um dia, Arthur pediu que Lua fosse conhecer a mãe dele. Ela excitou, mas no final aceitou. A sogra dela foi muito carinhosa e receptiva, fazendo-a inclusive chorar.

Quando Arthur e a mãe dele perguntaram o motivo pelas lágrimas, ela explicou:

“Fazia muito tempo que eu não ficava na presença de uma mãe. E você me fez lembrar da minha.” Ela falou olhando a sogra.

A mais velha olhou-a e sorriu, abraçou-a e disse:

“Você agora também é minha filha.”

No mesmo dia, Lua e Arthur, acompanhados de poucos amigos e familiares, foram ao cartório onde casaram-se.

A loira usava um vestido branco simples, mas elegante, enquanto Arthur estava todo charmoso em um Tuxeedo estilo James Bond.

Daquele dia em diante, os dois passaram a dormir sempre juntinhos, agarrados e apaixonados.  Segredos jamais foram mantidos entre eles, nem mesmo mentiras foram faladas. Infelizmente, pouco após Anna formar-se no colégio a grande noticia veio.

Continua...
Escrita por : Amanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário