22/05/2012

"My first love"


Capitulo 4


Narrado pela Sophia

Eu até que enfim me entendi com a Mel e ficamos amigas também.Aff! Em pensar que quase perdi minha best friend por implicância e ciúme bobo!

Mas também, como eu iria adivinhar que a Mel não queria roubar minha irmãzinha, a minha versão roqueira? Tudo bem, que a Lua tem um coração enorme, e não é de se deixar levar pelos outros, e eu bem sei disso... Mas fiquei meio insegura.

Como a Lua mesmo disse a Mel é uma garota legal sim. Só precisa largar mais a timidez de lado. Nossa rotina na escola continuou a mesma, e nos finais de semana a gente sempre se reunia pra fazer alguma coisa durante as tardes, mesmo que fosse apenas assistir um filminho na casa da Lua. A salinha de cinema da casa da Lua era um show!

Minha mãe, Dona Branca, vive reclamando que tudo tem que ser na casa da Lua, e que sou muito nova pra não parar em casa. Mas é porque eu cresci junto com ela, tenho a tia Maria Claudia e o tio Billy como os meus pais. O Pedro, irmão da Lua, apesar de só andar com aqueles amiguinhos metidos a gente grande também é gente boa. Só tem dois amigos dele que eu ainda vou com a cara que são o Chay, o eterno palhaço, e o Micael, que apesar de ser um pouco mais sério é bem legal também, e um gatinho.

POV Lua

Passaram-se algumas semanas eu não pude evitar o passeio no shopping e assim como eu previa a Mel era sim uma Barbie disfarçada. Foi ai que ela e a Soph se entenderam de vez.

Dois meses se passaram, outubro estava começando e isso indicava que a festa de aniversário do Pedro estava próxima. Ele é 4 anos mais velho que eu. Sempre gostou de festas, até reuniões para trabalho em grupo da turma dele virava festa no final aqui em casa. Meus pais sempre ficam de olho afinal um adolescente de 14 anos, gostando de festas, se não tiver limites, álcool e drogas acabam sendo o caminho, mas aqui tudo foi sempre controlado e muito bem conversado.

O dia da festa de Pedro se aproximava e ele me perguntou se eu iria convidar alguém, respondi que não só mesmo a Soph e a Mel que não eram mais novidades lá em casa nos finais de semana.

Ele então diz que se eu tivesse mais algumas amiguinhas que eu pudesse ficar a vontade. Com isso resolvi fazer uma proposta a ele, mesmo sabendo que o Peu é ciumento resolvi brincar um pouco.

- Tenho uma ótima idéia Pedro – falei com cara de danada – convido algumas amigas, e você convida amigos novos, afinal também mereço alguma coisa né.
- O que você está falando Lua? – questionou-me transtornado – Repete que eu acho que não entendi.
Se arrependimento matasse, com certeza estaria morta, era pra ser só uma brincadeira! Agora mesmo que era capaz dele ficar no meu pé durante os próximos 20 anos.
* * *

Continua...
Escrita por : Nana F

3 comentários: