29/05/2012

"My first love"


Capitulo 11 e 12


2 dias antes da festa – POV Lua

Pedro entrou no meu quarto todo eufórico.
- E ai maninha, vou rolar muita gatinha nessa festa? – questionou ele com cara de safado.
- Vai sim Pedro, chover gatinhas e gatinhos também – falei já sabendo que ele ia pirar.
- Acho bom parar com isso viu Lua! Você não tem idade pra ta pensando nessas coisas – ele já estava todo alterado.
- Calma maninho... Não tenho interesse em nenhum deles ta certo!? – falei meio irônica – Ah! E antes que eu me esqueça, para que eu pare de pensar nessas coisas, você tem que parar de me fazer lembrar!
Ele me olhou meio confuso e foi logo cortando o papo.
- Só vim mesmo pra avisar que convidei os caras viu?!
- Que caras? – falei com tanto susto que não sei como ele não achou estranho e percebeu.
- O Chay e o Mica – ele respondeu me deixando aliviada – Ah! E o Arthur também – falou já gritando pelo corredor.
Pronto! Era o que faltava pra me deixar completamente nervosa na festa.
* * *

Capitulo 12

05 de março de 2004 - POV Lua

Chegou o tão esperado dia. Minha festa! Confesso que minha ansiedade tinha nome e sobrenome: Arthur Aguiar, mas para os outros era coisas de menininha nervosa mesmo.
Estava eu toda linda como diria a Sophia, usava um vestidinho preto um tanto quanto curto como disse o Pedro ao me ver, mas como comprei com minha mãe ele não tinha como implicar, pelo menos não com o vestido. Soph me ajudou na maquiagem, que ficou bem suave realçando apenas a área dos olhos. Uma sandália um pouco alta com umas tachinhas, mas delicada, nada grosseiro. Segundo Soph eu estava um arraso!
Fui para a área da festa começar a receber os meus convidados, por enquanto só tinha a Soph comigo porque ela se arrumou lá em casa e alguns tios e primos. Começaram a chegar algumas amigas da escola, do inglês, algumas colegas da natação, o Mica, o Chay palhaços como sempre.
- Parabéns minha Luinha! – gritava o Chay com um sorriso de um canto a outro do rosto.
- Obrigada Chay, mas essa sua cara não me engana, o que você ta querendo hein?! – questionei logo ele o deixando sem graça, se é que era possível alguém o deixar assim.
- Me chamando de interesseiro minha filha, ta maluca?! – falou rindo – eu só queria conhecer alguma amiguinha sua será que rola?
- Chay você já conhece a Sophia e a Mel e já está muito bom. Se quiser mais trate de se virar sozinho – respondi sorrindo a fim de pirraçá-lo.
- Calma ai né Lua! – falou serio – A Soph é igual você é como irmã, e a Mel é irmã do Arthur, apesar de ser uma gatinha – enfatizou a ultima parte com um sorriso safado.
Ao olhar em direção ao portão tenho uma visão maravilhosa, o Arthur se aproximando todo de preto com aquela carinha de príncipe sexy que só ele tem.
A Mel se aproximou me abraçando e cheia de beijinhos e depois dela veio o Arthur. Eu sentia o meu rosto queimar, devia está vermelha denovo. Fiquei sem reação, viajando naquele perfume maravilhoso que impregnou em mim e por minha vontade nem tomaria mais banho só pra manter aquele cheiro na minha pele.
Parabéns Luinha! – desejou ele com um sorriso encantador.
- Obrigada – foi a única coisa que conseguir falar.
- Epa! Espera ai, eu escutei bem? – Chay falava com um sorriso cínico para o Arthur – A única pessoa que pode chamá-la assim sou eu caro Thur. Para estranhos ela é apenas Lua ok! A não ser que você queira apanhar do irmãozinho ali – falou mais baixo apontando pra Peu que estava logo atrás.
- Para Chay, não é bem assim, o Arthur é amigo assim como você, não vai assustar mais um né?! – falei olhando pro Mica que só sorria de longe.

Arthur ficou meio sem entender, mas acho que o Chay iria explicar.
Bom, fui curtir minha festa, me acabei de dançar, segundo Pedro só não poderia rolar músicas românticas, pelo menos não enquanto o Matheus estivesse na festa. Eu ficava revoltada com as loucuras do meu irmão.
Matheus era um colega meu do inglês, tinha 14 anos e era um fofo, cabelos loiros, olhos verdes, um gato. E a implicância do Pedro com o coitado foi porque uma vez ele pegou uma conversa aberta no meu MSN, e era bem com o Matheus que só tinha escrito que me achava bonita, e eu nem tinha respondido nada.
 O tempo foi passando, o pessoal indo embora, só restavam alguns tios e primos, eu a Soph, a Mel, o Chay, o Mica, o Arthur, o Pedro e a Gabi que era minha colega da natação na época e ficou com o Peu na minha festa. Ela tinha 14 anos era uma morena bem simpática, e estudava lá na escola também.
Foi ai que começou a tocar musicas lentas, lembro que quando tocou I’m with you da Avril Lavigne – que era sucesso na época – não demorou muito para começarmos a dançar, o Arthur com a Mel, o Mica com a Soph, a Gabi e o Pedro, e eu sobrei com o Chay que de tanta palhaçada que falava eu não conseguia dançar direito. Foi quando ele deu uma de esperto e pediu pra trocar com o Arthur alegando que dançar com irmã era muito chato.
Arthur logo me encarou e topou sacudindo a cabeça em sinal de afirmação com um sorriso meio sem graça, falando apenas pra ele respeitar a Mel.
* * *
Continua...
Escrita por : Nana F

6 comentários:

  1. Ainda tem pelo ou menos 1 dessa web hoje? Diz que siim!! Você escreve muito bem, Parabénsss ;)

    ResponderExcluir
  2. ahhhhhhhhhhhhh, posta mais esta muito booommm!
    kkk' eu amei essa web novela!
    principalmente pq o pedro é um pouco ciumento kkk' num tem graça se ninguem ficar contra né?
    e o Matheus aa que legal, ele vai gostar da Lua?
    tipo o binho era com a roberta?

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelos elogios de todos! Emoções chegando logo logo!!! kkk @NanaFLuAr

    ResponderExcluir
  4. Leiiam miinha fiic : https://www.fanfiction.com.br/historia/228103/And_The_War_Begins

    ResponderExcluir