18/06/2012

D+ troca ideia com a banda Rebelde


Divulgação
Os fãs de Rebeldes podem se preparar! Os integrantes vão gravar mais um DVD em setembro, em Belém, no Pará, e ainda há promessa de novo CD. Enquanto isso, dá para curtir o som da banda com o DVD e CD Rebeldes Ao Vivo (EMI, R$ 34,90 e R$ 24,90) - gravado em Sampa no fim do ano passado. Além das músicas, o DVD traz bastidores e videoclipe inédito da canção Nada Pode Nos Parar.
O sucesso é tanto que o grupo já faturou discos de Platina e Ouro pelas vendas do projeto ao vivo (foram 40 mil cópias do CD e 50 mil do DVD). "É a prova de que todo esforço está valendo muito a pena", afirma Sophia Abrahão, que interpreta a Alice na trama da Record.
É tanta coisa para fazer, que eles não param um minuto. Conciliar a novela e shows não é tarefa fácil, mas mandam bem demais. Gravam de segunda a quinta e sobem aos palcos de sexta a domingo. Mesmo com a correria, os atores são simpáticos e demonstraram ter bom humor em encontro com a imprensa em São Paulo (o D+ estava lá para conferir), Segundo eles, o reconhecimento dos fãs é o que os motiva a continuar. "Tudo foi planejado desde o início. Sabíamos que seria assim e está dando muito certo", diz Lua Blanco, a Roberta.

Projetos paralelos? Por enquanto, os Rebeldes garantem que não estão em seus planos. "Estamos focados na banda e na novela. As energias estão voltadas para isso. Além do mais, não daria tempo para se dedicar a outro trabalho", ressalta Arthur Aguiar, o Diego.
Na estrada desde outubro de 2011, os integrantes já observam o amadurecimento da banda."Da gravação (do DVD) até agora notamos a diferença. Não bate mais aquele nervosismo e preocupação com a música e a coreografia do show. Hoje a gente se diverte mais no palco", diz Lua. Tranquilos, aproveitam para inovar a cada show e capricham cada vez mais nos figurinos. E com essa maratona toda como fica a voz? "Tem dias em que ela simplesmente acaba (rs). Mas recebemos orientação e algumas dicas da professora de canto", conta Chay Suede, o Tomás.
Divulgação
FÃS - São tantas cidades que a banda Rebelde visita que até já rolou aquele branco na hora de lembrar o nome ao agradecer a presença da galera, que, por sinal, é bem fiel. "O carinho é recíproco. Quando reconheço alguém na plateia é muito legal", diz Sophia. Para Micael Borges, o Pedro, muitas vezes os fãs funcionam como despertador para o grupo. "Quando ouvimos eles gritarem, é porque sabemos que temos que acordar para mais um dia de show", brinca.
Os atores são compreensivos com toda a empolgação dos fãs, porque já viveram experiências parecidas com seus ídolos quando eram adolescentes. Chay curtia muito Offspring, Lua gostava de Hanson e Avril Lavigne. Já jovens, Sophia e Micael ficaram horas para ver de perto Guns N' Roses e Stevie Wonder, no Rock em Rio, no ano passado.

Divulgação
NOVELA - Na trama da segunda temporada, que vai ao ar de segunda a sexta, às 20h, não falta romance. "Até surgiu uma história paralela, mas o público quer ver mesmo beijo na boca, brigas e histórias que poderiam acontecer com elas na vida real", diz Arthur. Para Sophia, a ideia da novela é tratar de diversos temas, mas sempre com leveza.

Divulgação

CONVIVÊNCIA - Muito tempo junto poderia causar estresse, mas os atores garantem que não rola, já que ficaram muito amigos. "O convívio é enorme e passamos a ter intimidade. A gente pega no pé um do outro, conversa bastante, brinca e se diverte", diz Mel Fronckowiak, a Carla.
Além disso, as viagens de ônibus de dois andares - todo personalizado com imagens dos atores - são a diversão da turma. Também aproveitam a oportunidade de fazer shows em diferentes cidades para conhecer um pouco da cultura do Brasil. Só que em meio a toda alegria bate aquela saudade dos amigos e da família. "A gente sente falta. Aproveitamos quando fazemos apresentações na nossa cidade para ver a família. Também tentamos encontrar os amigos. Mas todo mundo é compreensivo". afirma Mel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário