06/06/2012

"My first love"


Capitulo 31 e 32


            Iniciamos mais uns dos nossos beijos apaixonados, ele puxava minha nuca como se tivesse medo que eu fugisse dali. O beijo era intenso achei que ele fosse me engolir, aquela boca macia apertando meus lábios, a língua quente enfurecida buscando a minha, as mãos dele que não paravam de deslizar na lateral da minha cintura. Estava gostando muito, mas tive medo. Por sorte a porta se abriu, era Chay avisando que Gabi chegou. O filme estava acabando e depois fomos pra sala.
            Começou uma grande resenha, Chay pirraçando Arthur que ia voltar para o interior pra ver as namoradas. Thur ficava sem graça pedindo pra ele parar. Eu não me incomodava muito, só dava risadas pela forma que Chay falava não estava nem me importando, até a Mel abrir a boca e soltar:
            - Namoradas não, mas algumas priminhas apaixonadas ele deixou lá sim.
            Parei de rir imediatamente, não sei como não perceberam. Daí que o Chay fazia piadinhas mesmo, só que agora eu sabia que ele realmente poderia ficar com outras pessoas, afinal ele de fato não era nada meu. Vi que ele também estava incomodado com todas aquelas pirraças.
            - Parou né, já deu! – Thur falava em um tom já irritado – Mel e sua boca grande.
            Aquilo só me fez confirmar que o que eu já imaginava, era mesmo verdade. Ele iria pegar geral nas férias. Levantei e andei em direção a cozinha, estava com medo de começar a chorar ali mesmo.
            - Vai pra onde Luinha? – pergunta o Chay.
            - Na cozinha, beber água – respondi séria demais, quase engasguei e não saia nada.
Que sensação horrível, e era ciúme, isso mesmo, eu estava com ciúmes do Arthur. Queria morrer afogada naquele copo agora. Com certeza ele iria me esquecer nessas férias e essas se tornariam as piores férias da minha vida.
* * *

Capitulo 32

Passado alguns dias, meus pais resolvem ir pra casa da praia, não era o melhor lugar nessa época do ano já que o tempo não ajuda, mas segundo eles era só pra descansar um pouco. Eu e Pedro fomos meio contrariados, afinal não iríamos aproveitar direito, o tempo era pouco e essa época do ano quase não tem nada lá por causa do frio.
 Ao começar a conversar com meu pai sobre o final do ano, Pedro consegue fazer com que meu pai liberasse a casa pra ele e pros meninos virem antes, já que minha mãe só poderia viajar no dia do natal mesmo. Protestei, mas foi em vão, eu só tinha 12 anos e minha mãe disse que nem pensar me deixaria sob a responsabilidade do meu irmão.
- Mas mãe, ele é um cão de guarda, esqueceu?
- Nem pensar Lua, se você tiver qualquer problema de saúde ou algo do tipo ele não saberá resolver, ele só sabe te defender dos outros – ela falou sem me deixar contestar – E nem adianta fazer bico.
Era o que faltava, saber que minhas férias do final do ano poderiam ser tão ruins ou até mesmo piores que a de agora. Mais 6 meses me lamentando agora, imaginando os meninos se divertindo, ta bem eu assumo, imaginando o Thur pegando geral e eu em casa!
Fiquei triste o dia inteiro, e a noite eu sinto meu celular vibrar no meu bolso. MENSAGEM RECEBIDA!

“Ei gatinha, seu irmão disse q você está triste,
Aconteceu alguma coisa? Saudades. T.”

            Meu coração acelerou, o que será que meu irmão falou? Impossível perguntar. Respondi:

“Não foi nada. Só as férias que estão um saco =/”

Enviei de volta e não demorou muito pra ele mandar outra.

“Calma que já está acabando kkk Aqui
também está chato, acostumei com vocês”

Vocês? Ele podia ter sido mais romântico e falado q estava sentindo minha falta. ILUSÃO... Ele deveria está lá cheio de garotas se oferecendo pra ele. Resolvi ver se ele falava alguma coisa que falou com Pedro.
                       
“Peu te ligou pra falar de mim, ou pra contar
sobre as próximas férias de vocês?”
           
            Ele responde:

“Pra falar das férias e falou que só não estava mais feliz porque
você estava triste e ele não gosta de te ver assim.
 Por isso me preocupei.”
           
            Fico me sentindo quando vejo essas reações do meu irmão, apesar da super proteção sei q ele se preocupa comigo de verdade, e é muito bom saber q alguém realmente gosta da gente.

“Ele nem imagina o quanto, mas vai passar.
Vou ficar melhor, vc n precisa se preocupar,
vai cuidar das priminhas apaixonadas”

            Ele mandou de volta:

“Ei pequena, ta com ciúmes é? Falei que vou
te esperar, não importa o que aconteça até
lá, você vai ser minha. Kkkk”

            Respondi:

“Desculpa, foi só pra tentar descontrair”.

“Assim espero! Fica bem ta?! Saudade
demais d você. Beijo na boca e se cuida ta?!”

“Beijos, saudades, e te adoro!”
* * *
Continua...
Escrita por : Nana F

2 comentários:

  1. aaawwnt meensaageem liiindaas , kkk pooostta maais hooje ? pf

    ResponderExcluir
  2. vc tem que postar hj.... porfavor ;)

    ResponderExcluir