23/06/2012

"My first love"


Capitulo 75 e 76


Na casa de Arthur...

            Fiquei na sala com a TV ligada, não conseguiria dormir, não com toda aquela duvida. Às vezes eu chego a achar que eu e a Lua não somos pra dar certo mesmo. Tinha vontade de chorar, era estranho, uma sensação de impotência.
            Demorou um pouco e Gabi desceu.
            - A bela adormecida ainda não levantou? – apontando na direção do quarto que a Lua tinha dormido.
            - Antes fosse! Acordou, a gente brigou, e ela foi pra casa.
            - Ela foi pra casa? E por que vocês brigaram? Estavam tão bem ontem – ela fazia mil perguntas sem acreditar.
            - Ela acordou na madrugada, eu estava muito chateado e hoje de manhã a gente mal conseguiu conversar.
            - Você se chateou com a reação dela com você depois que bebeu não foi? – Gabi perguntava já afirmando.
            - Foi, ela ficou muito estranha.
            - Normal pra quem bebe, ela também deve ter achado você chateado estranho, porque se bobear ela nem se lembra de nada e deve está se achando um monstro, ou que fez a maior besteira do mundo – Gabi falava com uma certeza que parecia uma expert no assunto.
            - Será?
            - Claro Thur, ela deve ta achando que fez alguma coisa, mas fique calmo, vocês vão conversar e resolver isso.
            - Não sei Gabi, eu tenho medo de perdê-la. Ela mal quis conversar.
            - Fica tranqüilo, ela te ama!
            - Bom dia! – surgia Peu na escada todo alegre – Bom dia minha NAMORADA!
            Eu poderia contar até dez pra toda aquela alegria dele desaparecer.
            - Bom dia – respondi.
            - Bom dia meu lindo – Gabi respondeu com um selinho.
            - A dorminhoca ainda ta deitada? – perguntou indo em direção ao quarto.
            - Peu, Lua já foi pra casa – Gabi falou com calma.
            - Como assim? – Peu falava incrédulo.
            - Ela e o Thur brigaram e ela já foi pra casa – Gabi explicava – E eles vão resolver isso ainda hoje.
            - Arthur, o que você fez com minha irmã? – já vinha ele me culpando, era sempre assim.
            - Não foi nada, quando a Soph acordar a gente vai pra sua casa que eu quero conversar com ela...
            - E o nosso almoço? – Peu interrompeu Gabi.
            - Pois é, eu quero falar com ela, pra depois irmos almoçar – terminou de se explicar.
            - To de olho viu Thur! Ai ai – Peu ameaçava e eu pela primeira vez não dava a mínima.
            O que eu queria mesmo era entender a Lua o mais rápido possível. Não suportaria mais ficar longe da minha pequena.
* * *

Capitulo 76

POV Gabi

            Sim, hoje eu estava me sentindo a pessoa mais feliz do mundo. Até que enfim Peu resolveu assumir nosso namoro. Mais de dois anos de enrolação, sei que ele não é nenhum galinha, e pegador, mas me incomodava com o desinteresse dele em tornar mais sério nosso lance. Poxa, ele foi meu primeiro, sempre foi muito atencioso e carinhoso comigo, disso eu não posso reclamar, mas eu sentia falta da responsabilidade de um compromisso.
            Agora finalmente estávamos juntos oficialmente. E a única coisa que me incomodava naquele momento era a situação da Lua e do Arthur. Sempre gostei muito da Lua apesar de termos uma diferença de idade. Meu relacionamento como Pedro só fez com que essa amizade crescesse ainda mais. Engraçado é que ela nunca tinha comentado nada sobre o Arthur com a gente, sabia que tinha alguém além do Matheus, mas não fazia idéia de quem fosse. Pra falar a verdade no inicio eu achava até que era o Chay, mas quando a Mel começou a ficar com ele e eu via a Lua dando a maior força vi que não tinha nada haver. O namoro da Lua com o Matheus era muito frio, não era o motivo das lágrimas apaixonadas inexplicáveis que surgiam do nada quando nós conversávamos, dos sorrisos bobos quando encontrávamos os garotos, e agora tudo se explica, era o Arthur, ele sim era o responsável por isso.
            Assim que a Soph acordou, fiz o Pedro ir acordar o Mica pra irmos embora. Falei pro Chay ficar com o Thur e não deixá-lo fazer besteira. Mel ainda dormia. Já era quase 11:30 da manhã quando chegamos em casa.
            - Mãe? – Peu entrou gritando me puxando pela mão.
            - Oi filho, o que houve com a Lu, ela chegou péssima aqui e... Olá meninas! – ela veio falando com a cabeça baixa e os olhos fixos em uma revista, e se assustou com minha presença e da Soph.
            - Oi tia! – respondi em coro junto com a Soph.
            - O que a Lua tem eu também quero saber depois, mas agora eu quero te apresentar minha namorada! – falou me abraçando de lado e me matando de vergonha.
            - Gabi minha linda! Até que enfim vocês se assumiram né? – ela falava me abraçando e sorrindo.
            - Eu vou tentar falar com a Lu – Sophia que estava deslocada da conversa falou subindo rápido pelos degraus da escada enquanto eu fiquei conversando um pouco mais com minha sogrinha.
* * *
Continua...
Escrita por: Nana F

3 comentários: