12/06/2012

Quer contar para os pais sobre seu namoro? Elenco de Rebelde te diz como fazer

Rebeldes

A maioria das pessoas já passou por aquela difícil situação de ter de enfrentar os pais e revelar que está namorando. É quando você, finalmente, mostra que cresceu e não é mais uma menininha ou menininho.

Para encarar essa barra é preciso coragem, e se você está passando por isso pela primeira vez, nós te damos um empurrãozinho diretamente dos bastidores de Rebelde(Record).

O elenco da novela teen contou para o R7 conselhos e dicas de como você pode abordar seus pais para contar a grande novidade. O Dia dos Namorados é uma ótima data para enfrentar seus medos. Respire fundo, tome coragem e confira abaixo o que cada ator acha sobre o assunto! 


Mel Fronckowiak (Carla): Eu já passei por essa situação complicada de contar para os pais que estava namorando, e tenho certeza que muita gente tem dificuldade de enfrentar essa fase. Se eu pudesse dar um conselho, eu acho que a gente tem que jogar limpo sempre. Se o garoto ou garota está bem intencionado com você, por experiência própria eu digo que ele ou ela vai querer conhecer seus pais. Jogar limpo para mim sempre funcionou, minha mãe sempre me entendeu.

Jhulie Campelo (Maria): Eu só namorei uma vez na minha vida. Foi muito engraçado, porque eu demorei mais de uma hora para contar para ele [risos]. Até que eu tomei coragem e contei. Minha dica é revelar a verdade logo, até porque seu namorado vai frequentar sua casa... Então você precisa chegar e conversar. Se a menina se sentir melhor, conta para a mãe primeiro que ela já pode ir preparando o território com seu pai.

Arthur Aguiar (Diego): Para homem eu acho mais fácil. O pai fica todo feliz, orgulhoso. Mas com menina deve ser mais complicado pelo ciúme do pai, a preocupação da mãe. Mas eu acho que para apresentar o namorado ou namorada para família, primeiro você precisa estar gostando muito da pessoa. Tem que jogar limpo, é preciso sempre falar sobre tudo com os pais. Assim a vida fica mais sincera e você acaba ganhando uma liberdade muito maior. 

Eduardo Pires (Professor Vicente): Se meu filho chegasse para mim e contasse que estava namorando, eu tentaria agir da forma mais natural possível. Eu tentaria deixar ele à disposição para tirar as dúvidas. O importante é sempre a verdade. E a criança, o jovem adolescente precisa ter liberdade com os pais.

Floriano Peixoto (Professor Jonas): Meu filho, na verdade, se sente mais à vontade com a mãe [a também atriz Christine Fernandes]. Na última semana mesmo ele me mostrou um desenho que a menina fez para ele. Uma coisa linda. Ela desenhou os dois, um coração e escreveu “eu e você”. Essa já é a terceira ou quarta namorada dele [risos]. E o Pedro é totalmente diferente de mim. Eu era tímido. É preciso manter o diálogo aberto e sem pressionar o jovem, sem cortar o barato dele.

Michel Gomes (João): Se você quer contar para os seus pais que você está namorando, é bom ter uma conversa bacana, e não mentir. Basta dizer que você está apaixonado, porque isso não é vergonha nenhuma. É bom dividir com os pais esse tipo de coisa.

Pedro Cassiano (Binho): Acho que para as meninas deve ser mais complicado. Mas é muito importante ter um diálogo aberto com os pais. Se seus pais forem mais fechados, tenta falar com uma tia, uma amiga. De qualquer forma, eu acho legal avisar sobre o que está acontecendo com você até para que esse “bloqueio” seja quebrado desde o início. Se você se inibir com a pressão e o medo que seus pais colocam, vai demorar mais relaxar com essa relação. Comigo foi tranquilo, meus pais sempre me apoiaram. É importante buscar essa amizade com os pais.
Assista ao vídeo dos bastidores de Rebelde:

Nenhum comentário:

Postar um comentário