13/07/2012

"Minha História"


Capitulo 1


Dizem que é a partir da amizade que forma-se o amor verdadeiro...

Ela era diferente. Adorava dançar, mas não sabia nada a respeito de como tocar um instrumento, ele adorava tocar músicas, mas não gostava de dançar. A menina era carioca, ele era do sul. A “guria” era tímida, tagarela, enrolada e ótima para criar histórias, mas péssima para ditar sua vida. O “guri” era tímido, mas cheio de amigos e amigas,mas não fazia o tipo galinha e muito inteligente.

Quando a menina, que chamava-se Mel, entrara na sala de aula pela primeira vez naquele ano, fora direto encontrar-se com os amigos. O ex-namorado de uma das amigas, assim como um dos melhores amigos dela, estava conversando com uma ex-colega dele, enquanto as amigas dela tagarelavam juntas.

“Oi meninas.” Disse Mel, em tom faceiro.

“Oiii!” Falam as demais em coro.

Nesse mesmo instante, o ex-namorado de uma das amigas dela aproximou-se do grupo de tagarelas e veio cumprimentá-la. Esse, que adorava implicar com ela, veio exibir-se por ter “pegado geral” nas férias.

“Ah legal. Eu também fiquei com uma pessoa, se você deseja saber.” Ela falou, mentindo. Na verdade, ela passara as férias com a família, sem conhecer ninguém novo, mas tinha vergonha de confessar isso.

Mel achava-se horrível, não conseguia ver beleza em si mesma, e sabia que os demais achavam o mesmo. 

Não haviam se passado nem cinco minutos quando um aluno novo entrou na sala.

A morena, que era envergonhada, permitiu-se apenas dar uma olhadinha de canto de olho. Ela, nessa rápida olhada, notou que ele não era muito alto, nem gordo, possuía os cabelos propositalmente bagunçados e conhecia algumas pessoas da turma, já que estava conversando com duas meninas. Antes que ela pudesse comentar qualquer coisa, uma de suas amigas mais intimas, comentou:

“Ah, aquele é o Suede, um nerd... Ele é muito estranho não acham?”

As demais riram, isso é, todas menos a Mel, que ficara envergonhada por sequer pensar que ele podia ser atraente. Passaram-se os primeiros dias de aula, e eles finalmente tiveram a primeira conversa....

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário