25/07/2012

"Minha História"


Capítulo 11 e 12


Sophia, a amiga em cuja casa Mel dormiu, comentou que a amiga devia tomar uma atitude logo, já que, em geral, os meninos no último ano da escola ficavam mais bonitos e “galinhas”.

“Mel, olha, eu devo confessar que ele não é feio, além disso, ele faz musculação e handball, ou seja, logo, logo, o corpo dele mudará e atrairá mais olhares.” Ela falou. “Ah, e eu já vi você observando-o com uma cara de bobalhona.”

“Ai Sophia, mas eu não posso falar nada. Sou feia, gordinha, atrapalhada, além disso ele não me vê como nada além de uma amiga, ou melhor, uma colega com quem ele conversa as vezes.” Mel respondeu, tapando o rosto com o travesseiro.

“Juro que você cansa minha beleza. Para de ser boba! Aposto que ele iria ficar muito feliz em saber que você gosta dele.” Falou Sophia.

Mel não respondeu nada, apenas ficou pensativa. Na semana seguinte, quando ela foi para a escola, uma amiga sua, a Lua, comentou que elas deveriam fazer uma festa do pijama antes das férias, já que Mel viajaria e passaria três meses sem ver as amigas.

Após muito conversarem, decidiram que dormiriam na casa da Sophia, e que Mel faria uma cocada de colher para elas de sobremesa.

Antes de irem para casa da Sophia, Mel e Lua ficaram esperando a amiga no curso de teatro. Enquanto a Sophia estava na aula, as outras duas ficaram conversando.

“Você anda estranha esses dias.” Comentou Lua.

“Ando? Não sabia.” Respondeu Mel, apesar de saber exatamente a que a amiga se referia. A menina andava meio triste, já que gostava de alguém que parecia não gostar dela,e  para piorar, parecia que todas as amigas estavam arranjando-se, com exceção dela.

Quando elas chegaram na casa da Sophia a farra finalmente começou. Mel e as amigas conversaram, cozinharam, fizeram uma zona, riram e viram filme. Na hora de dormir, começaram a conversar, e Sophia, sem querer, deixou escapar que Mel estava gostando de alguém.

Capítulo 12

Mel olhou para Sophia, depois para Lua e por fim jogou  uma almofada na amiga que contara que ela estava apaixonada.

“Não, eu não estou gostando de ninguém.” Mentiu.

“Ah odeio isso, você nunca fala nada para mim.” Reclamou Lua.

“Tá eu estou gostando de uma pessoa, mas não vou falar anda, pois caso contrário você ficaria me zoando.” Falou Mel.

“Eu não ficaria... Caramba fala de uma vez quem é.” Reclamou Lua.

Sophia manteve-se calada, apenas observando-as.

“Ok, eu vou dar pistas!” Falou Mel, piscando o olho para Sophia.

“Ele é loiro, eu falo todos os dias com ele, mas você não conhece-o...” Começou a falar, mentindo descaradamente.

“Ele não é da turma de vocês.” Ajudou Sophia, mentindo ainda mais.

“Ah cala a boca!” Reclamou Lua. “Eu sei que ele não é de outra turma, pois a Mel não fala com ninguém que não seja da nossa turma.”

Mel olhou Lua, e finalmente disse. “Olha, eu vou falar, mas se você ficar me zoando, será a ultima coisa que você ouvirá de mim.” Avisou.

“Ok, quem é?” Perguntou Lua animada.

“O Suede!” Falou Sophia. Lua olhou Mel e finalmente disse:

“Ah, mas agora eu estou compreendendo tudo!” Ela falou. “Posso só perguntar uma coisinha, uma única coisa, juro que não falo mais nada depois disso.”

“Ok, fala, mas uma única coisa.” Avisou Mel.

Continua..

Nenhum comentário:

Postar um comentário