16/07/2012

"My first love"


Capitulo 152 e 153


POV Mel

            Definitivamente ver aqueles dois cabeças duras tentando fingir que não se gostavam mais partia o meu coração. De um lado meu irmão, meu único e verdadeiro amigo, a pessoa por quem eu morreria e mataria qualquer um que se metesse a besta. Do outro a pessoa mais amiga que eu poderia ter encontrado, que a Soph e a Gabi não me escutassem, mas foi ela quem me procurou quando cheguei naquela escola me sentindo uma ET, é ela que sempre me ajuda nas minhas roubadas, foi ela que me ajudou desde o inicio com o Chay, e era ela quem eu via sempre chorando nas madrugadas pelo meu irmão.
            Decidir dar um jeito naquilo tudo, e seria agora. Ver meu irmão chegar ao nosso apartamento sem a sua querida noiva foi o primeiro passo pra tudo dar certo. Meus anjinhos estavam colaborando! Sentir os olhinhos da Lua brilharem de ver isso foi magico. Só quem conviveu com essa confusão toda que entende. Ela foi logo contando que estava solteira pra Peu, contou caminhando em direção ao quarto onde eles ficariam. Peu ficou preocupado se ela estava triste, mas pelo que vi da reação dele ao sair daquele quarto e voltar pra sala, percebi que tenso só restava meu irmão.
            - Arthur, vamos comigo no shopping. Eu preciso passar numa loja ainda hoje – Falei tentando tirar o Arthur do apartamento pra poder conversar com ele.
            - Certeza mel? Não pode ir com uma das meninas não? – ele se mostrou insatisfeito, e eu tentei logo de fazer uma chantagem emocional.
            - Não, quero aproveitar você, aproveitar que está aqui todinho livre pra mim – falei já o puxando do sofá e andando em direção da porta.
            Ele contestou mais um pouco, mas assim que fechamos a porta do apartamento falei que na verdade eu precisava conversar com ele longe de todos. Sentir que ele ficou tenso, mas não abriu a boca até chegarmos a um café que ficava na esquina de casa.
            - Pronto, acho que não tem ninguém aqui, pode falar – ele falou se mostrando desinteressado do possível assunto.
            - Thur, me responde com sinceridade, a depender da sua resposta eu continuo – expliquei a ele antes, sabendo a verdade evitaria conversas desnecessárias – Você ainda sente alguma coisa pela Lua?
            - Como assim Mel?  Tenho muito carinho por ela, a tenho como uma grande ami... – o interrompi. Aquele nervosismo da voz dele era indicativo de mentira.
            - Arthur, eu estou falando serio, você ainda gosta da Lua? – falei o encarando.
            - Gosto... Muito – ele respondeu baixo e encarando uma xicara de café sobre a mesa.
            - Então vamos lá! – comecei a falar – Vou falar tudo o que penso, e você faz o favor de não me interromper.
            Ele assentiu e voltou a me encarar quando eu comecei.
            - Thur, eu nunca fui boa de cupido, nunca conseguir aproximar ninguém de ninguém, nunca me meti nos seus problemas com a Lua, sempre tentei ser o mais imparcial possível pra não estragar nada, mas de uns tempos pra cá isso tem se tornado cada vez mais difícil. Ver você ficando noivo daquela garota...
            - Luciana, ela tem nome – ele me interrompeu.
            - Primeiro eu falo, depois você, combinado? – ele assentiu novamente e eu continuei – Luciana que seja, ela não me desce, mas disso eu falo depois. Voltando... Você noivo, a Lua tentando se acertar com alguém, sempre sem sucesso, será que é tão difícil pra vocês assumirem que ainda se gostam? Será que você vai mesmo fazer a burrada na sua vida de se casar sem amar de verdade uma pessoa? O orgulho de vocês é tão grande que você não pode assumir que gosta dela ainda? Eu não sei se deveria te contar isso, mas acho que pode te encorajar de certa forma. A Lua nunca se esqueceu de você. Ela sempre sofreu calada, sempre tentou novos relacionamentos procurando te esquecer, mas não duravam nem um mês e ela pulava fora. O mais duradouro foi com o Thiago, o qual a pressionou tanto por uma postura dela que acabou. Ela te ama meu irmão. Sabe o que é acorda toda a madrugada e escutar ela chorando? É por isso que eu te peço, se você ainda gosta dela, vai atrás, da uma chance pra vocês.
            - Mel, não é tão simples assim, eu tentei. Ela sempre me cortou, me tratava como cachorro. A gente só conseguiu fingir que éramos amigos depois que comecei namorar a Lu. Eu sei que fui o culpado do termino da relação, sei que fiz besteira, mas infelizmente eu precisei continuar minha vida e não ficar dependendo do dia que ela vai acordar e enxergar que eu existo e a amo ainda – ouvir aquilo foi tudo que eu precisava, ele parecia desabafar tirar um peso das costas – Eu sempre convivi com essa duvida sem saber se ela ainda sentia alguma coisa por mim, e vê ela naquele amor todo com o Thiago me fez ter certeza de que não existia mais nada.
            - Eu sei... Só quero abrir teus olhos, se você sente alguma coisa, tá na hora de correr atrás – falei e fui me levantando, mas ele logo me puxou.
            - Mel, eu agora estou noivo, não é tão simples assim. E por falar nisso, o que você tinha pra falar da Lu – ele me perguntou cruzando os braços na frente.
            - Ninguém nunca tocou nesse assunto por não ter provas, mas acho que tá na hora de alguém tentar abrir seu olho. A Luciana sempre, digamos, olhou demais pros meninos sabe? Meio que dando ousadia demais, mas como todos mantiveram distancia ninguém queria se meter – falei de uma vez o vendo arregalar os olhos furiosos.
            - Você vem me dizer agora, que Lu da em cima dos meus amigos e ninguém nunca me falou nada? – ele estava furioso.
            - Ela não deu em cima, ela olhou demais. E outra, não a chama de Lu na frente da Lua não, você não imagina o quanto ela sofre com isso – falei logo completando – Eu não sei o porquê, afinal todas duas são Lu, mas ela não gosta.
            - Sério? – ele perguntava com um sorriso torto parecendo nem mais se importar com os possíveis flertes de Luciana.
            Concordei e logo caminhamos de volta pra casa. Ao chegar já sentir de cara o impacto da nossa conversa. Ele chegou e ao entrar e dar de cara com a Lua a puxou dando um abraço nela. Eu sair logo da sala deixando-os a sós.
* * *
Capitulo 153
           
POV Lua

            Depois que a Mel saiu de casa com o Arthur dei meu jeito de conversar com Gabi e saber onde estava à futura senhora Aguiar. Não demorou pra ela soltar que a mesma tinha ficado em casa devido a provas finais. Na verdade eu nem sabia pra que essa menina estudava, ela não queria nada da vida a não ser gastar a fortuna dos pais. Até hoje acho que ela foi pra Londres por algum suborno, só pode.
            Peu falou que queria descansar um pouco, e Gabi foi logo atrás. Levantei pra ir até a cozinha beber agua e fui surpreendida quando a Mel entrou com o Arthur logo atrás. Não por eles entrarem em casa, mas pelo abraço super apertado que há tanto tempo eu não sentia. Era tão bom poder me sentir naqueles braços novamente, sensação de proteção, de carinho, de amor verdadeiro, eu acho que mais um pouco ali e rolariam lagrimas pelos meus olhos.

POV Arthur

            Ouvir tudo aquilo da Mel me fez sentir vivo novamente, mesmo ela falando tudo aquilo da Luciana, ela naquele instante era com quem eu menos importava. Ao entrar em casa e ver a Lua ali em pé tão próxima não resistir e a abracei como há muito tempo eu não fazia. Poderia ser julgado como louco, maluco, retardado, mas no momento era o que eu queria e precisava fazer.
            Sentir minha pequena ali, correspondendo ao meu abraço, foi tudo que eu precisava. Tá bom eu assumo que eu queria mesmo era ter agarrado ela, enchido de beijos, falar o quanto eu ainda a amava, mas tinha que ser com calma, cada coisa de uma vez.
            - Que saudade disso – pensei alto.
            - Também sinto... Saudades – ela falou se afastando e tentando não me encarar.
            Só assim eu pude sentir de volta a presença daquela garotinha que me conquistou, que eu levei até o aeroporto um dia, e nunca mais conseguir ver.
            - Desculpa pelo abraço, mas não deu pra resistir, eu precisava disso, precisava confirmar uma coisa – falei e fui saindo da sala.
            - Arthur, precisava disso pra que? – ela me perguntou ficando vermelha, como era linda assim.
            - Confirmar uma coisa – falei sem dar detalhes e tentando fugir – Vou tomar um banho.
            Não deixei que ela questionasse mais nada e sair logo da sala. Eu era capaz de cometer loucuras e não queria me precipitar, afinal ainda tinha uma aliança no meu dedo e uma noiva me esperando depois do final de semana. Tenho que resolver tudo com Luciana, e depois tentar reconquistar a Lua.
* * *
Continua...

18 comentários:

  1. POOSTA MAIIS CADA DIA MAIIS LEGALL ,, POOSTA HOOJ MAIIS ;]

    ResponderExcluir
  2. posta so mais um por favorrr tou quase chorando aqui quero ver o thur terminando com a luciana por favor

    ResponderExcluir
  3. Finalmente vc vai colocar eles juntos de novo !!! Ebaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  4. \O/ EU ADORO AS IRMÃS MAIS NOVAS ELAS SÃO D+... também adoro quando o Arthur fica louco, adoro quando a celly posta as web's no meio da noite, adoro quando leio um capitulo antes de dormir, adoro quando a Lua fica vermelha e também adoro quando dizem que o LuAr de verdade pode está de volta... dois LuAres eu não aguento não!!!
    BOA NOITE galera!!!
    Beijo Nana F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu adoro os seus comentários, adoro pq me deixa feliz, e adoro pq sei que tá dando certo!!
      Beijo Linda!

      Excluir
  5. Necessito de mais... to Lucy aqui! MAIS URGENTE!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Ahhh finalmente ele caiu na real, mais fala serio to amando a Mel aii, Ah uns capitulos atras eu tava Odiando a Nana F Mais agora to começando a gostar dela denovo kkk Posta maiss *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me odiando??? Sério isso?? Só uma dica... Coisas ruins vem para que o final valha apena!

      Excluir
  8. posta mais!!!!! finalmente ele percebeu que ela sofria com aquilo tudo!!! posta mais por favor!!!

    ResponderExcluir
  9. Nana F vc que me matar ? Cada dia me surpreendendo mais com essa web maravilhosa

    ResponderExcluir
  10. A uns 5 dias eu estava odiando a Nana, mais agora to voltando a gostar dela, To mt Lucy, posta ++++++!

    ResponderExcluir
  11. eu ADORO demaissssssssss essa web...e gosto de vc Nana por ter escrito ela
    posta maisssssssss

    ResponderExcluir
  12. Posta maiiiis !!! Está cada vez melhor ((:

    ResponderExcluir
  13. Demais...
    Amando a Melzinha, fez o irmão dela cair na real.
    +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  14. com sua web sempre choro, tem dias que choro de tristeza... tem días que choro de alegría ... mas voÇe sempre consegue fazer-nos sentir muita emoÇao

    adoro sua web

    ResponderExcluir