02/07/2012

"My first love"


Capitulo 107 e 108


POV Pedro

            Eu fiz essa burrada agora eu tenho que consertar, preciso falar com o Arthur, só ele pode impedir a Lua de fazer essa viagem. Difícil agora vai ser encontrar esse cara.
            Telefonei para o celular e ele pra variar não atendia. Essa droga de celular do Arthur, ele nunca atende quando a gente precisa. Liguei pra casa dele e a Mel disse que ele chegou nervoso, só foi ao quarto e saiu novamente falando que não tinha hora pra voltar.
            Ele saiu pra esfriar a cabeça, só espero que ele não vá beber dirigindo, ele tem juízo, mas com uma situação dessas até eu queria encher a cara e sumir do mapa.
            Eu dirigir até um bar que tínhamos o costume de ir com a galera da faculdade. Eu estava certo, antes mesmo de estacionar pude localizar o carro de Arthur parado do outro lado da rua, espero que dê tempo de conversar com ele sóbrio.
            Desci do carro e entrei no bar, não demorei muito a encontra-lo, por sorte nem estava bebendo.
            - Ué cara! Achei que fosse chegar aqui e encontrar você completamente embriagado – falei tentando quebrar o clima, a cara dele estava péssima.
            - Nem rola, não tenho animo nem pra isso – falou mexendo com o canudo num copo de suco – O que você veio fazer aqui?
            - Falar com você – fui direto ao assunto, não dava pra perder mais tempo – Vi como você saiu lá de casa, foi por causa da viagem da Lua não foi?
            - Foi, vim pra cá pra vê se ficava sozinho e tentava esquecer – ele estava realmente acabado – Mas sua irmã me persegue aonde quer que eu vá.
            - Cara, é justamente por isso que eu vim atrás de você – fui logo ao assunto – Volta com a Lua, você é a única pessoa capaz de impedir que ela faça essa burrada de ir estudar fora agora.
            - Como assim? Isso não depende só de mim.
            - Arthur, você gosta dela e ela te ama cara, basta olhar pra vocês pra ver o quanto estão sofrendo com isso – tentava convence-lo – Sei que fui um dos grandes motivos para o relacionamento de vocês não dar certo, mas eu estou disposto a passar por cima de tudo que eu sinto pra ver minha irmã feliz.
            - Peu, isso agora não depende só de mim. Gosto muito de sua irmã, aliás, eu nunca gostei tanto de alguém na minha vida como eu gosto dela. Mas eu não posso fazê-la desistir da viagem pra ficar aqui comigo, seria egoísmo da minha parte – ele falava tentando se convencer de que abrir mão era certo, mas eu não podia deixar isso assim.
            - Mas não é questão de desistir, eu conheço minha irmã, ela não quer ir. Se ela entrar nessa vai ser apenas pra tentar ficar longe de você e isso não é certo.
            - Não é bem assim Peu, a gente tentou, durou o que tinha que durar. Mesmo que a gente volte amanhã não posso garantir que vai durar pra sempre, que ela não vai se cansar de mim, que vai descobrir que não me ama o quanto parece – não era possível que ele pensasse assim, cadê aquele amor todo pela minha irmã? – Eu não me perdoaria se ela ficasse aqui por minha causa e se arrependesse depois. Deixa ela fazer o que achar melhor.
            Comecei a compreender o que ele queria dizer. Era como se ele fosse se tornar o responsável caso ela deixasse de viajar por causa dele, e o relacionamento não desse certo. Não queria, mas era obrigado a concordar.
            - Velho, então não fica assim cara, por favor! Tô me sentindo um monstro com essa história toda – falei fechando os olhos e passando as mãos no meu rosto.
            - Relaxa cara, se for pra gente ficar junto vai ser. Ela não vai ficar lá pra sempre, e eu vou ficar aqui, esperando por ela pode ter certeza – Arthur falava já deixando as lagrimas rolarem. Esse cara realmente amava minha irmã e eu fui idiota de só enxergar isso agora.
            - Eu espero que ela não siga os conselhos da minha mãe, pelo menos não dessa vez – falei me levantando da mesa, queria voltar pra casa e tentar convencer minha irmã que isso era loucura. Nem tinha conversado com ela, mas tinha medo que ela realmente fosse aceitar essa viagem como forma de esquecer o Arthur.
            - Vou pra casa também, não vai adiantar nada ficar aqui – Arthur se levantava e caminhava até o balcão pra pagar a conta.
            - Falou cara, mas não fica assim, vai dar tudo certo – tentei anima-lo sabendo que não era tão fácil assim.
            - Falou. Boa noite! – foi indo em direção ao carro e eu também fiz o mesmo.
* * *
Capitulo 108

            Cheguei em casa e fui correndo falar com a  Lua. Se não deu certo tentando convencer o Arthur, o jeito seria tentar com ela.
            - Lu? Posso entrar? – bati na porta do quarto dela.
            - Pode – ela respondeu com uma voz de choro.
            - Ei minha gatinha, por que você tá assim hein? – perguntei tentando fazer ela me contar sem pressiona-la.
            - Essa viagem, me pegou de surpresa e eu ainda nem sei direito o que fazer – ela falou se sentando na cama do meu lado.
            - Simples, esquece que ela existe e não vai – dei a ideia logo de cara.
            - Mas eu acho que quero ir, que vai ser melhor pra todo mundo, inclusive pra mim, sabe?! Eu estou precisando passar um tempo longe de tudo e essa é a oportunidade – ela falava triste, mas segura da sua decisão, eu tenho certeza que não conseguiria reverter essa ideia dela.
            - Tem certeza que não está tentando fugir por causa do Arthur? – fui direto ao assunto.
            - Não é só por ele, é principalmente por mim – ela falava com os olhinhos brilhando – Não deu certo, não adiantou insistir, um tempo distante seria bom pra acalmar tudo e colocar as coisas no lugar. Sem contar que não é todo dia que essa oportunidade bate na porta da gente.
            - É já vi que vocês dois estão irredutíveis – soltei sem querer.
            - Vocês dois? Você já foi falar isso pra ele? – ela me perguntou ficando nervosa.
            - Calma, não fui eu que contei, foi nossa mãe. Eu cheguei aqui e vi o cara indo embora igual a um louco. Só fui atrás tentar consertar a burrada que fiz – falei me explicando.
            - Explica isso direito, por favor! – ela não entendeu ainda.
            - Sei que de certa forma o que levou o inicio das brigas de vocês foram minhas atitudes, meu ciúme excessivo. E eu estou disposto a deixar isso de lado se você não viajar e ficar aqui com ele – falei logo de uma vez, sem nem querer pensar qual seria a reação dela.
            - Realmente de certa forma seu ciúme colaborou pra gente se separar sim, mas não foi apenas isso. Existem muitas diferenças entre a gente, por mais incrível que pareça, e por isso não deu certo. E o melhor que eu tenho a fazer agora é tentar seguir minha vida e o deixar seguir a dele. Um dia quem sabe a gente não se acerta?! – ela parecia decidida já.
            - Bom, ele ainda te ama, está sofrendo com tudo isso, mas está disposto a concordar com sua decisão. E eu também estou do seu lado. Pense direitinho pra não se arrepender depois – me levantei e sair do quarto.
            Tentei fazer minha parte, agora está nas mãos deles dois.
* * *
Continua..

14 comentários:

  1. maaaaais to amando posta mais hj pf

    ResponderExcluir
  2. posta mais!!!!!faz com que ela não aceite e fique de vez com o Arthur

    ResponderExcluir
  3. Muito lindos
    Ainda bem q o Fim do namoro foi amigável,se fosse conturbado eles sofreriam mais
    e uma distancia é boa pra botar as coisas no lugar
    Posta mais

    ResponderExcluir
  4. ah! eu não acredito,só falta ela aceitar ir embora e deixar o arthur livre leve e solto pra qualquer uma.Ela não pode fazer isso, e outra já pensou se o arthur arruma outra e quando ela voltar ele já está com outra? Ela vai sofrer muito,não quero que isso aconteça,NÃO DEIXA ISSO ACONTECER POR FAVOR NANA F!

    ResponderExcluir
  5. Bom... ficar de vez com o Arthur implicaria no fim da web. Acho q não seria legal!
    A distancia é sempre boa, mas será que o namoro sobrevive a isso?
    Ele com outra, será??
    Aguardem os próximos capítulos! kkkkkk Beijos, @NanaFLuAr

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah não ele com outra nãããão, isso seria o fim! :( Realmente ela devia viajar mais seria fofo se ele esperasse ela :)

      Excluir
    2. Nana , não fala isso nem de brincadeira kkkkkkkkk , pooostta maais pliiiis ' Que tal vs postar 3 cap em cada poost ? kkk pf ' vs me deixou viciada menina hum haha s2

      Excluir
  6. posta mais, antes vc postava quatro ou cinco capiulos por dia e agora só posta dois.oq ta acontecendo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tem os 4... 105 e 106 mais cedo e mais dois aqui.
      A diferença é q estão no mesmo post... só isso!

      Excluir
  7. Meeeeu deeus Posta Maaais , Poor favooor !
    nãao voou durmii aa noite ! Pooor Favoooor Nanda !

    ResponderExcluir
  8. que isso!! ta muito interessante,posta mais
    +++++++++++

    ResponderExcluir
  9. Posta mais pelo o amor de Deus Kkkkkk A web é boa DEMAIS,por favor!

    ResponderExcluir
  10. Posta maisss e posta a outra (Lock and Key),adoro as duas,as autoras estão de parabéns!

    ResponderExcluir