11/07/2012

"Olhos Vermelhos"


1° Capitulo
Lua levanta às 5:40 como de costume, prende o cabelo com uma piranha e vai tomar banho, depois de se secar solda o cabelo e coloca o uniforme. Até que o celular toca:
Lua: Mirella? Que saudade de você!
Mirella: Oi Lu... Muita saudade! Desde que eu vim para o Rio de Janeiro não falo com você.
Lua: É... Esqueceu de mim! (Risos) Só não te dou uma bronca porque estou morrendo de saudades! E o Bê? Já acordado?
Mirella: É... (Começa a chorar) Bem o Bernardo...
-Pi Pi Pi
Lua: Mila? Mila?
Neste instante o sinal do celular começa a tocar, Lua tem de ir pegar o ônibus para escola, tocando inúmeras vezes a lista de chamadas do celular, que estranhamente não havia registrado sua conversa de manhã. Ao chegar no ponto, Lua percebe que o ônibus escolar estava indo embora, ela correu atrás dele, porém ele já estava muito longe. 
"Bem... Vou pegar ônibus público, eu vou chegar atrasada mas eu explico para a professora..." Pensava a garota.
Ao chegar no ponto, a nevoa praticamente estava em todo o lugar, e o ponto estava deserto, o que era de se estranhar. Então Lua olha para frente e pode ver uma pessoa na qual ela não reconheceria por causa da nevoa, mas pelo tamanho, era muito pequeno, uma criança, mas o que fazia as 6:00 da manhã sozinha naquela rua deserta? 
Ao se aproximar mais, a adolescente pode notar que era uma garota, um garota um quanto estranha, um quanto machucada, de camisola e segurando um sapo de pelúcia o que era a única coisa limpa na qual a havia naquela menina.
Lua: Eiiii! Menina! O que aconteceu com você? Alguém te machucou? Eu posso te ajudar? (Sem resposta)
Lua: Você está me ouvindo ?A menina em silêncio, senta do lado de Lua e começa a olhá-la. 


Capitulo Bônus-Lua: Ga-ga-garota, o que... você... machucada... O QUE ACONTECEU COM VOCÊ?
A garota se senta do lado de Lua e não diz nada, fica simplesmente do lado de Lua, imóvel, sem dizer uma única palavra. O silêncio predominava, Lua queria perguntar, mas algo a impedia...
XxX: Você não era como eu imaginava... Lua.
A mesma, nesta hora encarou a menina com olhos esbugalhados.
Lua: Como é que você sabe meu nome?
XxX: Sei tanto sobre você, quanto você mesma. E é possível que até um pouco mais.
Lua: Isso é uma brincadeira? Porque se for é de muito mal gosto!
XxX: Fique hoje em casa...
Lua: O que?
XxX: Só fique lá... - 
A garota disse, e depois sorriu - este é teu ônibus, não?
Lua olha, e o ônibus estava parado em frente do ponto, ela entra sem olhar para a menina, desconfiada. Quando entra no ônibus, todos a começam a olha-lá de modo diferente, sem entender muito, ela olha para o ponto e vê que lá não havia garota alguma, ninguém...

Continua...

13 comentários:

  1. Será que a menina era vampira?

    ResponderExcluir
  2. UI... sinistro... ++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

    ResponderExcluir
  3. Parece historia de vampiros.. rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Povin, a garota faz parte do segredo! (Escritora#) ><

    ResponderExcluir
  5. Estou confusa,mas gostando
    Posta mais

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAAH já ameiii Parabéns para a escritora!

    ResponderExcluir
  7. Que medo... quero a minha mãee!!!
    Ps: Gostei.

    ResponderExcluir