02/07/2012

"Simplesmente Rebelde"O fogo da Paixão





105ºCapitulo

No Capitulo Anterior:
(Brian):Tava rolando um clima?-Ele se referiu a Diego.
(Roberta):Tava...-Eu disse desanimada.
(Brian):E eu atrapalhei né?
(Roberta):Não!Foi até bom voce ter chegado...
(Brian):Por que?Voce não quer voltar com o Diego?
(Roberta):Eu quero.Quer dizer,eu nem sei mais...eu to confusa.
(Brian):Roberta,eu acho que voce não deve ficar pensando nisso agora.Voce tá cansada,precisa dormir um pouco e se recuperar pra poder ir pra casa...Depois voce resolve essa historia com o Diego...
(Roberta):Tem razão...-Eu disse e ele me abraçou e beijou o topo da minha cabeça.
-1 Semana depois- 

Pov Roberta
Havia se passado 1 semana.E finalmente estava voltando pra casa.
Eu tive algumas complicações,por isso não voltei pra casa dentro de 2 dias,como previsto.
Mais agora,estava tudo bem.
Eu e Lua estavamos,em partes,recuperadas.
Eram quase 3 horas da tarde quando finalmente chegamos em  casa.
Assim que entramos,fui até o quarto de Lua,a colocar pra dormir,já que ela já estava cochilando em meus braços...
Depois,fui pro meu quarto,e com um pouco de dificuldades,por causa da minha coxa ainda machucada,tomei um banho.
Me vesti assim:
Depois,fui até a sala,aonde estava apenas Brian.
Diego,tinha ido até a sua casa,pegar algumas roupas.Ele resolveu ficar na minha casa algumas semanas,até eu me recuperar melhor.
-
Pov Roberta
Entrei na sala,e sentei ao lado de Brian,que estava assistindo a um canal de clipes internacionais.
Ele me abraçou,fazendo com que eu deitasse em seu peito.

(Brian):Tá com medo?-Eu disse ainda olhando para a TV,e fazendo carinho em meus cabelos.
(Roberta):Do que?
(Brian):Do Diego vim morar aqui por um tempo...eu percebi que voce ficou abalada...
(Roberta):Eu não to com medo...eu só,não sei como eu vou agir perto dele sabe?Não sei como vou falar com ele,nem o que vou falar com ele quando chegar a hora sabe...?Já se passou tanto tempo,e a gente nem ao menos conversou direito sobre tudo isso...e,e se ele não gostar mais de mim...?
(Brian):Roberta,voce escutou o que voce disse?-Ele disse indignado,olhando pra mim.-O Diego te ama!
(Roberta):Mais...-Ele me interrompeu.
(Brian):Roberta,entenda de uma vez por todas...o Diego te ama,e sempre vai te amar...não importa quanto tempo voces fiquem separados...
(Roberta):Já que é assim,o que eu tenho que falar pra ele?Eu não sei nem por onde começar...
(Brian):Tudo que voce precisa fazer,é dizer o que realmente sente...
(Roberta):O que eu seria sem voce ein?-Eu disse o abraçando,e ele apenas riu...Depois um silencio tomou conta da sala,exceto pelo barulho da Tvm,claro.

Pov Roberta
Era quase 20:00 horas da noite...
Estava no meu quarto,olhando pela janela,a lua que iluminava o céu,em perfeita harmonia com as várias estrelas,ao seu redor.
Estava pensando em algo para dizer a Diego...
Pensei em simplesmente chegar pra ele e dizer que o amava.
Pensei em não dizer nada,e apenas beija-lo.
Pensei em fazer um discurso...
Mais nada parecia encaixar na minha cabeça.Nada parecia fazer sentido.
Estava sem saber o que fazer...
Eu sabia que uma hora ou outra,teria que conversar com ele...até porque Lua está crescendo,e logo logo,irá aprender a falar,eu simplesmente não sei como responderia a ela,caso perguntasse o porque de eu não estar junto com seu pai.
Ou algo do tipo...
O pior é saber,que tudo isso,é culpa minha...pelo o menos em partes...
Se eu tivesse sido mais confiante,e contado tudo pra ele,quando tive chance...aposto que tudo seria diferente...
Mais como fui covarde,agora estou nesse sufoco...simplesmente sem saber o que fazer...
-
Pov Roberta
Estava perdida em meus pensamentos,até que ouço vozes no corredor.Era Diego que havia chegado.
Respirei fundo,e caminhei lentamente até seu quarto.
Cada passo que eu dava,eu pensava em uma frase para dizer a ele,ou em um gesto para demonstrar todo o meu amor...
Fiquei tão confusa com todos esses pensamentos,que quando dei o ultimo passo,para ficar de frente a porta do seu quarto,não sabia nem mais o que diria,nem o que faria,ou tentaria fazer.
Dei leves batidas na porta.Torçendo para ele não escutar,e não abrir a porta,para eu poder voltar para o meu quarto,e chorar pela minha covardia.
Mais,assim que vi a maçaneta girar,meu coração disparou.
E a vontade de sair correndo,só aumentou.
Ele abriu a porta...

(Roberta):E-eu,queria conversar com voce...-Eu disse nervosa.
(Diego):Claro!-Ele disse num tom gentil,e abrindo mais a porta para que eu entrasse...Assim que entrei ele fechou a porta.

(Roberta):É...eu...queria primeiro de tudo te pedir desculpas...-Eu disse nervosa,e olhando para o chão,já que definitivamente não conseguiria olhar nos olhos dele.-Por não ter confiado o bastante em voce,pra te contar toda a historia sobre o Binho,e as ligações...-Eu terminei de dizer,e respirei fundo,para olhar nos olhos dele,pela primeira vez.
(Diego):E voce acha que vai ser assim?-Ele começou a dizer,e eu estranhei o seu tom grosseiro.-Voce simplesmente acha,que me pedindo desculpas vai melhorar as coisas...?-Ele continou,e quanto mais dizia,mais eu me assustava.
(Roberta):Eu...-Ele me interrompeu,um tanto quanto grosseiro.
(Diego):Não vai ser assim!
(Roberta):Mais eu pensei q...-E mais uma vez ele me cortou.
(Diego):Pensou errado Roberta.Voce simplesmente termina tudo comigo,me esconde que estava gravida,não me fala nada sobre as ligações e sobre as ameaças,resiste todas as vezes que eu tento me aproximar,me faz de otário,e agora voce acha simplesmente que me pedindo desculpas eu vou ficar melhor...?-Naquele momento,não sei nem o que passou pela minha cabeça.Simplesmente abaixei a cabeça,e lágrimas discretas cairam.Olhei pra ele novamente,ele podia até ter razão,podia não me querer mais...mais mesmo assim,não deixaria ele falar tudo isso...
(Roberta):Escuta aqui...-Eu começei,tentando esconder as lágrimas teimosas que caiam.-Eu entendo que voce esteja magoado.E vir aqui te pedir desculpas,não foi nada fácil...eu esperava ao menos que voce entendesse....não precisava falar tudo isso...até porque,eu sei que eu errei,eu sei que eu fui imprudente,e fiz a maior bobagem da minha vida...mais se voce quer saber,eu faria tudo de novo...e mesmo voce não gostando mais de mim,eu ainda te amo...-Eu disse e já dei as costas pra sair do quarto.Mais ele me segurou pelo braço.E me fez olhar em seus olhos.Estavamos a centimentros de distancia.Ele secou algumas das lágrimas que caiam,e acariciou de leve meu rosto...
(Diego):Eu também te amo...-Ele sussurrou,num tom tão doce,que cheguei a acreditar,que a pessoa com quem discuti a 30 segundos atrás,não era o Diego...Ele se aproximou e tentou me beijar,mais eu esquivei minha cabeça,ainda assim,estava presa em seus braços.
(Roberta):Perae!Porque voce me disse tudo aquilo?-Eu disse totalmente confusa.
(Diego):Eu estava te testando.-Ele disse rindo de leve,como se fosse a coisa mais comum do mundo.Eu resolvi entrar na "brincadeira" dele! 
(Roberta):E eu passei no teste?-Eu disse me aproximando dele.Percebi que como estavamos a centimetros de distancia,ele não iria responder,e mais uma vez,ele tentou me beijar,mais eu novamente esquivei a cabeça.Como eu fiz isso,ele finalmente abriu a boca para responder a minha pergunta.
(Diego):Depende...
(Roberta):Do que?
(Diego):De quanto tempo voce vai demorar pra deixar eu te beijar...
(Roberta):Já que é assim...-Eu disse e tasquei o maior beijo nele...

Continua...

10 comentários:

  1. postaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. maisssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss
    Amado akie

    ResponderExcluir
  3. mais +++++++++++++++++++++++++++++++++++++++,to amando

    ResponderExcluir
  4. amei,amei,amei!!!! posta mais por favor!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. MAISSSSSSSSSSSSSS PLEASSSE! MAIS MAIS MAIS <3

    ResponderExcluir
  6. Até que enfim, eles voltaram oficialmente!Posta mais!

    ResponderExcluir
  7. Contagem regreciva para morrer: 10 9 8 7 6 5 4 3 2 1 Morri!!!!
    POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA to viciada POSTAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir