16/08/2012

Em Rebelde, Antonio Jorge evita clichê com personagem alcólatra



Atuar nem sempre é a primeira opção de carreira. Às vezes, acontece por acaso. Foi assim com Antonio Jorge, o Vinícius em Rebelde. Antes de estrear na novela  da Record, o ator foi professor particular de Biologia. "Sempre quis ser biólogo, desde pequeno. Mas conheci muitos atores e comecei a achar interessante. Inicialmente mais como hobby do que profissão, conta. Com o passar do tempo, o hobby deixou de ser encarado como diversão e passou a ser a forma de ganhar a vida.

Na trama de Margareth Boury, o personagem de Antonio Jorge, por enquanto, não faz ideia de que carreira seguir. Na história, Vinícius não se preocupa com o futuro porque vem de uma família rica. Muito reservado, o seu problema está na luta contra o alcoolismo. Para o ator, discutir esse assunto é importante, principalmente, se levar em consideração o público da novela, que é em sua maioria adolescente.
"É bom que eles tenham consciência desse problema. A gente consegue passar uma mensagem bacana, porque eles se identificam muito com a gente e com a história dos personagens", observa.

Sem encarar como um fardo pesado a função de contar uma história teoricamente densa em uma novela "teen", Antonio Jorge garante que tem tirado de letra o retorno do público.

"Já sou reconhecido em alguns lugares, acho isso bem bacana. É uma coisa muito positiva, é bom ver que as pessoas estão gostando do que estou fazendo", vibra.
 

Um comentário:

  1. antonio jorge voce e um otimo ator, e adoro ver voce fazendo par romantico com a juliana rolim.

    ResponderExcluir