02/08/2012

Entrevista com atores e atrizes de Rebelde


Conversamos com as fofas Ully Lages e Rafaela Ferreira e os gatos Antonio Jorge e Pedro Cassiano que falaram sobre os personagens, conquista e até como foi o primeiro beijo técnico da vida deles =O 

Por que você acha que não pode acabar o Rebeldes?
Ully: Porque é uma novela que aborda assuntos atuais que os jovens se identificam.
Rafaela: Porque é uma novela leve e divertida, além de referência para o seu público que se identifica com os romances, confusões e aprendizados dessa galerinha. Acredito que ainda tem muita novidade pela frente, muitas mudanças na vida desses personagens.
Antonio: O público se identifica bastante com os personagens e abordando temas interessantes podemos passar mensagens legais a quem assiste.
Pedro: Acho que os temas abordados na novela são superatuais e ainda tem muito potencial para passar informações interessantes para a galera jovem. Quando assisto o show dos Rebeldes percebo uma energia muito vibrante no ar, sinto que o público brasileiro gosta muito do clima que a banda passa.

Qual o melhor final para o seu personagem?
Ully: O melhor final (para a Lucy) será o que autora decidir… (risos), vamos aguardar as novas surpresas… (risos).
Rafaela: Penélope merece realizar o sonho de ter seus desenhos produzidos por uma marca famosa, viajar para o exterior para estudar moda e é claro continuar namorando o seu gatinho João (Michel Gomes).
Antonio: Pensar em final agora que acabei de começar é triste (risos). 
Pedro: Sou otimista. Gostaria que o Binho aprendesse a lidar com seus conflitos de forma mais positiva. Binho, não podemos esquecer, vem de um histórico familiar difícil. Eu nunca o construo como um caso perdido, acho que todos devem ter uma chance de melhorar no momento que a vida oferece as condições para isso. Torço pra que a vida (Margareth Boury) ofereça essas condições para ele (risos).

Tanto a Penélope, como o Binho e a Lucy não poupam esforços pra conquistar o gato(a) que gostam. Quais dicas vocês dariam pra eles (e para as leitoras) conquistarem o amor de alguém?
Antonio: Devemos conquistar a pessoa desejada sendo nós mesmos essa aproximação natural e verdadeira ajudará bastante nos próximos passos de um futuro relacionamento.
Ully: Não existe uma regra, seja você mesma sempre, educação e bom senso nunca são demais, ser bem humorada e autêntica também.
Pedro: Na minha visão pessoal qualquer vínculo afetivo só pode ganhar bases sólidas a partir de uma palavra mágica: confiança! Só que confiança não significa perfeição, isso seria uma idealização que não traz resultados consistentes. A confiança é construída por um diálogo aberto e sincero no qual possam estar presentes inclusive os nossos defeitos. Então as dicas são essas galera: Confiança, um diálogo bem bacana, e tolerância, que é uma virtude que transforma defeitos em beleza.
Rafaela: A minha principal dica é ser sincero com seus sentimentos, não ter vergonha ou culpa em relação a eles. E ter muita calma, uma relação se constrói com o tempo, por exemplo: a Penélope foi com tudo atrás do Tomas e acabou não rolando, já o João foi se aproximando dela com calma e eles estão juntos.

Como foi o seu primeiro beijo técnico? É de verdade ou não?
Pedro: Meu primeiro beijo na novela foi exatamente como as pessoas imaginam que seja um beijo técnico. Eu estava chegando na novela, aliás, essa pergunta é bem interessante porque o meu primeiro beijo técnico foi no meu primeiro dia de gravação. Eu não tinha intimidade nenhuma com a Rayana (a Pilar). E confesso que fiquei um pouco preocupado, então resolvi exercitar o meu cavalheirismo e perguntei a ela como ela se sentiria melhor. Com jeitinho perguntei a ela: “com língua ou sem?”, e ela respondeu rapidamente: “sem.” “Ok, tudo bem.”, disse todo acanhado. Mas devo confessar que pensei: “Que pena!!!”. Hoje somos muito amigos e rimos muito disso. Sim, o beijo técnico existe.
Ully: Foi num curso de Interpretação pra TV e Cinema, e foi técnico mesmo. Não é de verdade… (risos).
Rafaela: Foi no teatro, na peça O Auto da Compadecida, tinha apenas 13 anos e foi encenado. Nada a ver com a realidade de quando você está namorando…
Antonio: Foi tranquilo! Você contracenar com uma pessoa bacana flui tranquilo. É técnico!

Como é a relação com os fãs?
Rafaela: Adoro receber o carinho dos fãs, receber esse retorno é muito gratificante para nós artistas.
Pedro: Às vezes, parece até que estou num filme quando, por exemplo, tenho que esperar por mais de uma hora para conseguir deixar uma casa de shows, mesmo escoltado por 8 seguranças. É muito gostoso esse reconhecimento, não me incomoda em nada. É claro que dobra a responsabilidade no dia seguinte. Eu sinto necessidade de retribuir aqueles olhares carinhosos. O carinho deles é revigorante.
Antonio: Muito boa, o carinho deles é algo impressionante! Gosto muito de saber que tem pessoas que gostam do que você faz tem um sentimento muito bom em relação a mim.
Ully: Muito legal, eles são supercarinhosos, muito fofos sempre! Recebo muitas cartinhas, recadinhos carinhosos no Twitter e no Facebook. Vários presentinhos. É muito gostoso receber esse carinho todo deles!
Pra conquistar você, o que uma menina deve ter e o que não deve ter?
Antonio: Ela deve ser amiga, verdadeira, inteligente…  Não pode ser materialista.
Pedro: Toda mulher tem suas próprias qualidades e defeitos. Mas como disse anteriormente, eu admiro a capacidade que uma menina tem de falar o que realmente pensa. Me encantam as mulheres que possam me compreender como eu realmente sou. E sem dúvida seria bem difícil me permitir me apaixonar por alguém que não confio, isso já me bloqueia na hora. Sinceridade é essencial.


Fonte: Toda Teen

Nenhum comentário:

Postar um comentário