27/02/2012

Entrevista Com Arthur Aguiar


Ele vive o Diego em Rebelde, um garoto que faz o que de vontade e que não abre mão de curti a vida. Na vida real, é tipo bom moço, fofo e responsável. O genro dos sonhos da sua mão, assim é Arthur Aguiar. Confira uma entrevista com o astro de rebelde, Arthur Aguiar, onde ele fala sobre carreira, sonhos e muito mais!

-Como Rolou o convite para participar de Rebelde?

Na Verdade, rolou um processo de teste, mesmo. Eu foi lá, fiz o teste, aí rolaram várias etapas. Foram três ou quatro até entrar.

-Você se identifica em algum com seu personagem em Rebelde?

Acho que mais na forma de leva a vida, de viver, mesmo. Ele não liga para nada  e quer curtir. O pai dele que não deixa, né?  O Diego é mais tenso por causa do pai, por quer que ele seja uma coisa que ele não que ser.  

-O maior problema do Diego é a família, Como é seu relacionamento com a sua?

Nisso a gente é bem diferente, porque sempre tive um relacionamento muito bom com meus pais. A gente sempre conversou sobre tudo mesmo, minha mãe nunca impôs nada, nunca falou ´´você não vai fazer isso porque eu não quero ou porque eu quero``, ela sempre foi de conversar. Essa falta de diálogo que o Diego tem com o pai é muito complicada, porque é algo bem distante do que eu vivi. 

-Você tem vontade de conhecer os Rebeldes da versão mexicana ou Fazer algo unidos os dois grupos?

Tudo que for para somar para a novela acho válido. Tenho interesse em conhecer, saber como foi a experiência para eles, porque acho que podem passar muito coisa pra gente. Eles já viveram algo parecido né? Então, acho que tudo que é experiência  válido. Mas vamos ver se vai rolar! 

-Costuma se encontrar com Chay, Micael, Mel e Sophia fora das gravações?

Acho que  não tem fora da gravações[risos]. A gente tá tão junto que não tem um momento fora. grava aqui[Rio] a novela aí, sai daqui e vai para São Paulo gravar o CD. A gente almoça junto, janta junto, ta no estúdio junto, então,é o tempo inteiro, praticamente.

Fonte: Portal Rebeldes

Nenhum comentário:

Postar um comentário